Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

Empresa diz não ter sido comunicada de sua escolha para recuperar ponte do terminal

Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

Empresa diz não ter sido comunicada de sua escolha para recuperar ponte do terminal

Página 3

Novo diretor
O jornalista Murilo José será o diretor-geral da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Brusque, informou o governo nesta segunda-feira 10. Ele já atuou, anteriormente, em outros cargos públicos na área de comunicação. Foi assessor de comunicação do Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura (Semasa), e também secretário de comunicação em Itajaí, durante o mandato do prefeito Jandir Bellini (PP).


Não sabe de nada
Contatada por O Município para comentar sobre os prazos para recuperação da ponte Arthur Schlösser, a direção da Engedal Construtora, de São José, afirmou não saber que tinha sido a empresa escolhida. Negou ter recebido qualquer comunicação da prefeitura, tampouco assinado contrato. Ricardo Dal Molin, proprietário da empresa, não quis comentar detalhes da forma de trabalho sem a tal comunicação oficial. Limitou-se a dizer que, na proposta da empresa, o prazo máximo para liberação do trânsito é de 150 dias.


Dinheiro da Eletrobras
Cogitada no mês passado, durante assembleia, a possibilidade da Companhia Industrial Schlösser conseguir capital de giro para retomada de atividades é vista ainda como uma possibilidade distante. Os credores aprovaram que a sobra de um crédito que a empresa tem com a Eletrobras, que será utilizado para pagar débitos com a Celesc, seja utilizada pela empresa para suas atividades.

Receita extra
O débito da Schlösser com a Celesc está estimado em R$ 21 milhões, pelos cálculos estimados. O que a empresa tem a receber da Eletrobras é em torno de R$ 29 milhões, também por estimativas feitas pela companhia. Ocorre que, segundo o advogado da Schlösser, Guilherme Caprara, não há data para que esse pagamento seja feito, tampouco os cálculos estão prontos – o Judiciário ainda trabalha na revisão, para posterior ordem de pagamento.


Concurso público
A Prefeitura de Brusque aceitou recomendação do Ministério Público e se comprometeu a resolver, até o fim deste ano, a questão da irregular contratação temporária de instrutores e arte educadores pela Fundação Cultural, assegurando-se que, a partir de 1º de janeiro de 2018, somente concursados assumam estas funções.

Outros cargos
A recomendação vale também para outros cargos temporários irregulares da Fundação Cultural, como é o caso da função de servente de serviços gerais, que, segundo apurado em inquérito civil, também está sendo exercida por temporários. Caso a recomendação não seja cumprida, o Ministério Público ajuizará ação judicial e, se for o caso, para aplicar penas pela prática de ato de improbidade.


Prefeito se manifesta
O prefeito Jonas Paegle se manifesta pela primeira vez sobre o caso envolvendo a suposta irregularidade da atuação do Instituto Aquila na prefeitura, cujo inquérito foi arquivado pelo Ministério Público. “Muitas vezes temos que enfrentar acusações infundadas, de cunho político, com o intuito de atrapalhar e denegrir a imagem da administração, mas jamais vamos perder o norte de uma gestão séria e comprometida com a sociedade”, disse.

Sobre o silêncio
O prefeito também comentou o fato de ter permanecido em silêncio enquanto a polêmica corria solta no município. “Sempre respeitamos a decisão da Justiça e tínhamos certeza de que este processo acabaria arquivado. Por isso, optamos por nos manifestar após os esclarecimentos dos fatos com a certeza de que a resposta seria favorável à administração”.


Diretor da Celesc em Brusque
O diretor-presidente das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), Cleverson Siewert, estará em Brusque nesta quarta-feira, 12, pela manhã, no gabinete da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Brusque. A visita dele ao município faz parte do chamado Dia de Ação de Governo, projeto em que gestores de órgãos estaduais tratam de demandas específicas das regiões visitadas.


Seminário
Nesta quinta-feira, 13, será realizado em Brusque o seminário “A eficácia, ou não, do Estatuto da Criança e do Adolescente”. O evento, marcado para as 8h, no plenário da Câmara de Vereadores, acontece em alusão aos 27 anos da sanção do estatuto, em 13 de julho de 1990. O seminário é promovido pelo Grupo de Proteção da Infância e Adolescência (Grupia), e terá palestra com o juiz Geomir Roland Paul, ex-diretor do Fórum de Brusque.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio