1478 placas de rua ainda precisam ser trocadas

Mesmo com promessa de instalação completa até o fim de 2014, empresa garante que não há atraso

1478 placas de rua ainda precisam ser trocadas

Mesmo com promessa de instalação completa até o fim de 2014, empresa garante que não há atraso

Em maio do ano passado, a empresa D2 Distribuidora havia informado ao MDD que até o final de 2014 substituiria cerca de três mil placas nas ruas e nas praças de Brusque que ainda estavam pendentes. Porém, o prazo não foi cumprido e 1.478 modelos ainda aguardam instalação. O gerente de placas, Rafael Chary, garante que o trabalho não está atrasado pois a empresa tem até o fim do contrato – 2017 – para a finalização das trocas.

“Nosso trabalho acabou sendo prejudicado ano passado, porque tivemos um mês de parada na produção para a empresa passar por melhorias, como uma repaginação. Nós começamos a produzir um novo modelo de placa. Agora as letras são impressas no próprio material e ainda passamos verniz automotivo por cima. Antes, elas eram recortadas e coladas uma a uma”, explica Chary.

Segundo ele, o antigo modelo tem durabilidade de três a quatro anos enquanto o novo resiste de sete a oito anos. O gerente explica também que a meta da empresa, estipulada em conjunto com a prefeitura, é de substituir 200 placas por mês. Os próximos bairros que receberão os novos modelos serão o Santa Rita e o Santa Terezinha.

De acordo com o diretor-presidente do Ibplan, Laureci Serpa Júnior, o compromisso assumido pela empresa em outubro de 2014 era de, até o fim do ano, instalar as placas nas ruas que ainda não tinham. “Eles cumpriram com a tarefa, agora só precisam continuar com as substituições e manutenções”, afirma.

Entenda o contrato

Em 2012, a prefeitura concedeu à D2 Distribuidora o direito de explorar comercialmente o espaço de publicidade fixado acima dos nomes das ruas nas placas do município. Para isto, a empresa teria de substituir as placas já existentes, instalar as que ainda faltavam e realizar a manutenção de todas elas. Daquele ano até o dia 12 deste mês, 2.822 modelos foram instalados.

Um jogo de placas, composto por um tubo de ferro, por duas placas indicando os nomes das ruas e por um espaço em cima para publicidade, custariam R$ 300,00 aos cofres públicos. Com o contrato firmado, a prefeitura não precisa arcar com os valores. A D2 é quem paga R$ 2 mil mensais à prefeitura para explorar a publicidade. O contrato estende-se até 2017, prorrogável uma vez por igual período.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio