Página 3

Bastidores da política e do judiciário, opiniões e críticas sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro dos impostos pagos pelo cidadão

“A política é a arte de fazer o melhor do que o certo”, diz Venzon, sobre absolvição da chapa Dilma-Temer

Página 3

Bastidores da política e do judiciário, opiniões e críticas sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro dos impostos pagos pelo cidadão

“A política é a arte de fazer o melhor do que o certo”, diz Venzon, sobre absolvição da chapa Dilma-Temer

Página 3

Nova promotora
O procurador-geral de Justiça de Santa Catarina, Sandro José Neis, nomeou ontem uma nova promotora de Justiça para atuar em Brusque. Essa nomeação se deve ao fato da criação de uma nova circunscrição – espécie de unidade administrativa – do Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), que será sediada em Brusque. Com isso, a promotora Ana Luisa de Miranda Bender Schlichting trabalhará como 1ª promotora de Justiça substituta no município.


“O melhor do que o certo”
O deputado estadual Serafim Venzon (PSDB), representante de Brusque na Assembleia Legislativa, surpreendeu seus pares na sessão de ontem, ao defender que “a política é a arte de fazer o melhor do que o certo”. O deputado referiu-se à decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de absolver a dupla Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB). “O voto do Gilmar Mendes foi político, por causa de 10 ou 15 telhas não se pode trocar todo telhado”, comparou.


Regulamentação
O prefeito de Botuverá, José Luiz Colombi, o Nene, editou decreto que regulamenta no município a aplicação da lei federal 13.019, a qual trata das parcerias e os acordos de cooperação entre a administração pública e organizações da sociedade civil, para a celebração de convênios. Entre outras coisas, o decreto trata das regras e procedimentos jurídicos para a celebração das parcerias.


Pedidos de informação
O vereador Paulo Sestrem (PRP) apresentou pedido de informações ao prefeito Jonas Paegle, no qual questiona sobre o teleférico do parque Zoobotânico. Ele quer saber qual o custo e o que é necessário para colocá-lo em funcionamento. O vereador pediu ainda a relação dos gastos mensais de manutenção do teleférico durante o ano passado, assim como sua arrecadação, no mesmo período.

Morosidade
Em outro pedido, Sestrem solicita ao governo de Brusque que informe qual o prazo de atendimento do Instituto Brusquense de Planejamento (Ibplan) para fornecer documentos à comunidade, como solicitações para denominação de vias públicas e pedido de alinhamento de muro. Ele afirma que tem se notado morosidade, por parte do instituto, em fornecer as respostas que são de interesse da população.


Plano plurianual
O prefeito Jonas Paegle e o vice, Ari Vequi, se reuniram na tarde de ontem com os secretários e diretores para dar continuidade a formulação do Plano Plurianual (PPA). Esta é a segunda reunião da equipe, com a presença dos diretores para elaborar o planejamento, que norteará as ações de governo dos próximos quatro anos. Nesta fase de formatação dos programas, a Secretaria de Orçamento e Gestão apresentou a previsão das receitas e a estimativa das despesas fixas. Os dados expostos servirão de base para o valor disponível que será direcionado para os novos investimentos.


26 mil atendimentos
A farmácia básica da Policlínica de Brusque realizou no primeiro quadrimestre (janeiro a abril) deste ano 26.023 atendimentos. No período foram dispensados 2,8 milhões medicamentos, o que pode ser um comprimido ou mesmo um frasco. As informações são da farmacêutica da unidade, Rita Kudo. Nos primeiros quatro meses o investimento em medicação por parte da Prefeitura de Brusque foi de R$ 332,9 mil, sendo a maior parte para os remédios para pressão arterial, Parkinson e varizes. Por dia a farmácia chega a atender 400 pacientes.


Sessão de Negócios
A Associação Empresarial de Brusque (Acibr), em parceria com o Sebrae-SC, realiza no dia 3 de julho mais uma edição da Sessão de Negócios. O evento tem como objetivo fazer com que as empresas participantes apresentem uma para as outras suas demandas, ofertas de produtos ou serviços, durante um tempo determinado. O evento será realizado na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), às 18h30. O investimento é de R$ 50. Inscrições e informações devem ser feitas no 3351-1588 ou consultor1@acibr.org.br .


Meta não alcançada
A campanha de Vacinação contra Influenza A encerrou na sexta-feira, 9, sem atingir a meta de 95% do público-alvo em Brusque. Foram vacinados 73,69% do grupo prioritário, formado por idosos, puérperas, trabalhadores de saúde, gestantes e crianças com idade entre seis meses e menores de cinco anos. O grupo com maior adesão foi o de idosos, cuja imunização alcançou 82,5% das pessoas. Em seguida aparecem as gestantes com 75, 54%. O grupo com menor cobertura foi o de puérperas, mulheres até 45 dias após o parto, com 55,88%.

Vacina liberada
O Ministério da Saúde liberou a imunização para toda a população e as vacinas serão aplicadas enquanto houver em estoque. Ainda há vacinas disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde que possuem sala de vacina. É necessário ter em mãos um documento de identificação, a caderneta de vacinação e o cartão do SUS. As salas de vacina funcionam das 8h às 12h e das 13h às 16h30.


Emendas parlamentares
Por maioria de votos, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia aprovou, na manhã de ontem, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 5/2015, subscrita pelo deputado Aldo Schneider (PMDB), que visa destinar parte da receita do estado para o atendimento de emendas parlamentares. Em seus votos, os membros do colegiado acataram o parecer apresentado pelo deputado Darci de Matos (PSD), pela constitucionalidade da matéria.

Limite máximo
O relatório aprovado também altera, por meio de emenda modificativa, o percentual a ser destinado anualmente para as emendas parlamentares, passando de 0,0225% para o limite máximo de 1% da receita do estado. Em 2017, a receita do estado é estimada em R$ 20,6 bilhões. Caso a medida já estivesse em vigor, os deputados contariam com cerca de R$ 206,7 milhões por ano para a execução das obras e ações por eles apontadas, quantia que individualizada aos 40 parlamentares da Casa equivaleria a R$ 5,15 milhões.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio