Acesso ao programa Fila Única é liberado para os pais em Brusque

Ferramenta que é estudada desde 2012 no município, foi lançada oficialmente na sexta-feira, 30

Acesso ao programa Fila Única é liberado para os pais em Brusque

Ferramenta que é estudada desde 2012 no município, foi lançada oficialmente na sexta-feira, 30

Após quatro anos de estudo, observações de experiências em outros municípios da região e testes, o Fila Única definitivamente foi implementado em Brusque. Lançado oficialmente na última sexta-feira, 30, no auditório do Centro Universitário de Brusque (Unifebe), o programa será operacionalizado nas escolas municipais de Educação Infantil a partir de hoje, sendo que os pais já podem ter acesso ao sistema por meio do site Fila Única Brusque (ver no detalhe).

O Fila Única é um sistema que permite o cadastramento e acompanhamento das famílias para vagas em creches por ordem cronológica. A secretária de Educação, Gleusa Fischer, explica que o programa consiste na possibilidade de qualquer família que tenha filho em idade escolar e especialmente na creche – dos seis meses aos três anos -, maior demanda de Brusque hoje, possa ter de forma rápida e qualificada acesso à vaga.

Fila Única foi lançado oficialmente na última sexta-feira, 30, na Unifebe  / Foto: Daiane Benso
Fila Única foi lançado oficialmente na última sexta-feira, 30, na Unifebe / Foto: Daiane Benso

“Os pais poderão procurar qualquer unidade de educação da rede – centros de educação infantil, escolas de ensino fundamental -, com a documentação em mãos, fazer o cadastro, indicar três lugares onde gostaria de ter a vaga, sempre começando do local mais próximo da casa, depois próximo do trabalho do pai e da mãe, e assim sucessivamente, mas preferencialmente o mais perto sempre”.

Gleusa afirma que, ao cadastrar nestas três opções, imediatamente o cadastro é lançado na rede em tempo real. Dividido por faixa etária, no mesmo instante todas as unidades escolares já identificarão a vaga que entrou, e assim, na medida que as vagas forem surgindo, os pais serão chamados. “Se a vaga apresentada não é a pretendida pela família, é chamado o seguinte e assim sucessivamente até todos serem atendidos”.

A secretária de Educação diz que é sabido que a demanda em creches é sempre maior do que a oferta e que o município já chegou a ter 1,3 mil famílias aguardando por uma vaga. Ela destaca que há alguns motivos para o problema, como o próprio desenvolvimento de Brusque, a taxa de natalidade, a falta de creches e de profissionais qualificados. Por isso, segundo Gleusa, a Fila Única é uma ferramenta que “vem praticar a justiça e garantir o direito de todas as famílias a ter acesso a uma vaga”. “É um trabalho que vem sendo construído desde 2012 e que agora está maduro, sendo instituído definitivamente, é uma decisão de governo muito importante para a nossa cidade”.

A secretária ainda diz que é um projeto que vem dando certo em outros municípios, como em Blumenau, cidade que inspirou Brusque, e que a partir de agora, conhecendo o que tem de demanda, não se corre o risco de ter crianças cadastradas em três ou quatro escolas, o que, conforme ela, era o que acontecia antes. “É uma lista única e que dá a garantia de vaga para 100% de todas as crianças de Brusque”.

O diretor de Tecnologia da Prefeitura de Brusque, César Silva, afirma que o sistema foi cuidadosamente projetado para facilitar principalmente a interação dos pais. “Buscamos criar uma ferramenta que fosse intuitiva, de fácil acesso para os pais, e internamente, em termos de controle e gestão, fossem colocados vários mecanismos de controle interno para que facilite a operação do sistema”. Silva ressalta que é um sonho antigo da administração pública e que o sistema é transparente e confiável.

FILA UNICA

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio