Acibr Jovem realiza segunda edição do Inspirabq

Evento reuniu empresários e estudantes no auditório do IFC

Acibr Jovem realiza segunda edição do Inspirabq

Evento reuniu empresários e estudantes no auditório do IFC

Um encontro cheio de inspiração. Assim pode ser definida a segunda edição do Inspirabq, evento realizado pelo Núcleo de Jovens Empreendedores (Acibr Jovem) da Associação Empresarial de Brusque (Acibr), na noite desta terça-feira, 13, no auditório do Instituto Federal Catarinense (IFC) de Brusque.

“É uma grande satisfação realizar mais uma vez este evento que, em 2018, graças à parceria com o Sebrae, nos permite estar na programação nacional da Semana Global do Empreendedorismo. Preparamos uma noite voltada para empresários e estudantes que precisam de inspiração para a vida e para o trabalho”, afirma a coordenadora do Acibr Jovem, Daiane Rossano.

Para a analista técnica do Sebrae Brusque, Juliana Dall’Antonia, foi uma alegria estabelecer este vínculo com a entidade, que colocou Brusque no calendário do evento no Brasil. “O objetivo da Semana Global do Empreendedorismo é compartilhar boas práticas, disseminar conhecimento e estimular a formação de novos negócios. É uma oportunidade de tirar aquele sonho antigo do papel e transformá-lo em realidade”, avalia Juliana.

O diretor geral do IFC, Hélio Maciel Gomes, também enalteceu a importância do evento. “Para nós é uma excelente oportunidade já que o campus é novo em Brusque. O IFC está na cidade deste 2016, mas na sede própria iniciamos as atividades só este ano. Esta parceria enriquece nossa atuação, até porque possibilita a participação dos alunos e da comunidade, especialmente porque trata da formação de futuros empresários e isso também faz parte do nosso modelo de aprendizagem”, enfatiza.

Chocolate premiado
O primeiro palestrante da noite foi o empresário Ivan Blumenschein que, em 2004, fundou a Nugali Chocolates, no município de Pomerode. O negócio já nasceu com um propósito bem definido: produzir chocolate de qualidade e acompanhar todo o processo, desde a escolha do cacau até sua comercialização, hoje também presente em cinco países. Desde então, a empresa cresce cerca de 20% a 30% por ano e se consolida no mundo como uma marca reconhecida e premiada.

“Temos recebido prêmios internacionais, como o Internacional Chocolate Awards que, para a gente, parecia um objetivo inatingível, pois se trata do maior prêmio de chocolates finos do mundo. Recebemos ele em 2016 e 2017. Em 2018 já temos produtos medalhistas na regional das Américas e a competição final será neste fim de semana, na Itália”, conta Ivan.

Apesar da plateia estar formada em sua maioria por jovens, entre novos empresários e estudantes, Ivan enfatizou que não há idade certa para empreender. Ele, por exemplo, atuou durante muitos anos como colaborador e aproveitou essa trajetória para acumular aprendizados importantes sobre o mercado. “Mas é interessante que o jovem perceba que ser dono da sua própria empresa também é uma possibilidade. Na minha infância, na escola, alguns queriam ser engenheiros. Outros, médicos, advogados, mecânicos. E ninguém tinha muita clareza sobre o que era ser empreendedor”, destaca Ivan.

Segundo ele, o primeiro passo nesta caminhada é conhecer seus valores e manter o foco, porque diversas distrações podem surgir e levam o empresário a se perder. Também é importante aprender a identificar tendências e a apostar no que o mercado ainda não conhece.

“A diferenciação pode ser destacada porque ela te tira da ‘vala’ comum. Hoje, temos mais de 70 marcas de chocolate no Brasil que passaram a adotar processos como o nosso, mas elas chegaram depois que a coisa já aconteceu e daí fica mais difícil”, observa.

Ivan também citou a capacidade de adaptação, de agir corretamente, de reinvestir boa parte do lucro no negócio e de persistir, já que poucos projetos alcançam sucesso logo da primeira vez. “Sonho não é uma corrida de 100 metros. Por isso mesmo, exige planejamento a longo prazo e controle, sobretudo das contas”, avalia.

Inovação com propósito
Um dos fundadores do Acibr Jovem, o empresário Werner G. V Willrich, gestor do Laboratório Verner Willrich, também compartilhou conhecimentos, com ênfase no processo de inovação.

“Quando a gente fala em inovação, geralmente aparecem algumas marcas na nossa cabeça, como Google, Apple. Enfim, só empreendimentos gigantes. Mas a inovação precisa ser tratada no dia a dia de todas as empresas, mesmo as que são pequenas. O que vou falar são informações que, inclusive, preciso consolidar dentro e mim, porque quando a gente compartilha conhecimento, também fixa mais estes aprendizados”, observa Werner.

Durante o evento ele falou sobre um processo de inovação que está em desenvolvimento na sua empresa que, como toda boa ideia, vai implicar na redução de custos, na otimização de recursos e deixar os clientes ainda mais satisfeitos.

“Estou feliz por falar sobre isso e acredito que o ACIBr Jovem cada vez se consolida mais como um espaço onde se consegue aprender. O segredo do sucesso não está em uma fórmula pronta, em uma consultoria famosa que apresenta o que é perfeito. Empreender é ir além do próprio limite, com a dor e o amor que cada desafio proporciona”, revela.

Transformação social
A última palestra da noite foi apresentada pelo empresário Murilo Trevizol, da Gestalt, a primeira empresa de inovação aberta de Santa Catarina, com sede em Balneário Camboriú. Na explanação foi possível entender como intervenções locais impactam positivamente no contexto global.

“Estamos promovendo transformação social a partir do empreendedorismo. Propomos uma série de ações que conectam as pessoas da mesma cidade, com o intuito de criar oportunidades de negócio. O nosso desafio é conscientizar a todos de que temos total capacidade e responsabilidade de melhorar o lugar onde vivemos”, explica Murilo.

O empresário pontua que a maioria das pessoas enfrenta os mesmos problemas, ainda que estando em lugares diferentes. A mesma regra pode ser aplicada para empresas e governos. “Por isso, agimos localmente e atuamos nos problemas que estão a nossa volta, já que temos domínio sobre eles. A intenção é replicar estes modelos e levar a expertise do que conseguimos fazer para outros lugares”, descreve.

Acibr Jovem
Passada a segunda edição do Inspirabq, o ACIBr Jovem agora já organiza o Encontro Regional de Jovens Empreendedores (Erje), no dia 27 de novembro. A expectativa é traçar o planejamento do próximo ano e promover duas visitas técnicas: na Hiper Soluções e na Havan Liberty.