AD Brusque espera bom ano com mudanças no elenco e novas parcerias

Equipe participa da Liga Ouro, competição que dá acesso ao Novo Basquete Brasil (NBB)

AD Brusque espera bom ano com mudanças no elenco e novas parcerias

Equipe participa da Liga Ouro, competição que dá acesso ao Novo Basquete Brasil (NBB)

A temporada 2018 para o basquete brusquense está prestes a começar, com mais uma edição da Liga Ouro batendo à porta. Nas próximas semanas, a comissão técnica da AD Brusque, liderada pelo treinador Alexandre Barros, o Bicudo, discutirá junto com a diretoria sobre o planejamento para a competição nacional que dá vagas à principal competição da modalidade no país, a Novo Basquete Brasil (NBB).

Diferente de 2017, quando a equipe participou do evento mas sofreu com problemas no planejamento que resultaram em uma má campanha, neste ano a ideia é formar um plantel mais competitivo.

O clube quer ir bem não apenas nas competições estaduais – a AD Brusque é atual vice-campeão catarinense e campeã dos Jogos Abertos de Santa Catarina -, mas surpreender no torneio nacional.

A estreia do time brusquense na Liga Ouro marca também a primeira partida oficial da competição no ano, em 27 de fevereiro. O confronto que abre os trabalhos na competição será contra Cerrado Basquete (DF), na Arena Brusque.

Neste ano, a Liga Ouro contará com clubes de seis estados. Os times são: Blumenau, AD Brusque, Brasília Basquete (DF), Cerrado Basquete (DF), APVE/Londrina (PR), Associação Macaé de Basquete (RJ), São José Basketball (SP), Sport Club Corinthians Paulista (SP) e Unifacisa Paraíba (PB).

Busca de equipe jovem
Multicampeão pelo estado e reconhecido no Brasil, o elenco da AD Brusque deve sofrer grandes alterações para este ano. Grande parte do grupo está junto há décadas, e embora a qualidade técnica seja inquestionável, o vigor físico já não é o mesmo de outros tempos.

É nisso que o planejamento do clube se apoia, como explica o coordenador do projeto, José Eurico Frota, o Zurico. “Precisamos dar uma boa renovada. A princípio devemos ficar com entre quatro e cinco jogadores, mas tudo isso será revisado junto ao Bicudo”.

Diretoria e comissão planejam uma reformulação na equipe tendo em vista que a competição ficou ainda mais difícil, e o acesso à NBB tem um caminho árduo para as nove equipes que confirmaram presença.

O time que chama a atenção e já é apontado como favorito ao acesso pela estrutura e a torcida é o Corinthians. Além do respaldo do time de futebol, o basquete corintiano tem história, tendo sido inclusive clube de Oscar Schmidt nos anos 1990.

As próximas semanas serão decisivas para a AD Brusque também nos bastidores da bola. Isso porque diretoria buscará parceiros e confirmará o segmento de tradicionais apoiadores do esporte. Além disso, a preparação física dos atletas, diferente de 2017, antecipará o campeonato, de modo que todos estejam em plenas condições de sair jogando na Liga Ouro.

Parceria com empresa mexicana
A principal novidade já acertada com a AD Brusque é a parceria com a Desso Sport, uma empresa mexicana especializada em basquete que fornecerá o material esportivo para a equipe brusquense. A empresa também comercializará em seu site material com a marca da equipe.

Zurico afirma que, além de deixar de ter despesas com os uniformes, o clube ganha em visibilidade. “É muito importante para divulgar a nossa marca e o basquete de Brusque. Desde o ano passado eles têm interesse em entrar no mercado brasileiro e escolheram Brusque e Blumenau pela participação na Liga Ouro. A Desso é a empresa que fornece o material para a seleção mexicana em competições internacionais”.

Jogos da AD Brusque na Liga Ouro no primeiro turno

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio