Adolescente se afoga no rio Itajaí-Mirim

Ela foi tentar ajudar o primo, que estava se afogando, e acabou sendo levada pela correnteza

Adolescente se afoga no rio Itajaí-Mirim

Ela foi tentar ajudar o primo, que estava se afogando, e acabou sendo levada pela correnteza

Kaueli Pereira França, de 16 anos, se afogou no rio Itajaí-Mirim, na tarde desta sexta-feira, 27. O afogamento ocorreu por volta das 17h30, e os bombeiros continuam as buscas.

A adolescente veio passar a tarde com a família e se banhar no rio Itajaí-Mirim, no bairro Dom Joaquim, próximo à antiga estrada da Cristalina. Um primo estava se afogando e ela foi tentar ajudá-lo. Outra prima de Kaueli também foi ajudar e começou a se afogar, mas conseguiu sair.

O avô de Kaueli, Luis Carlos Terres, conseguiu salvar o menino, mas a correnteza levou Kaueli para longe dele. Ela é natural de Palmas, no paraná, e estava morando com uma tia, no bairro Águas Claras. Bombeiros fizeram um mergulho para tentar localizar a menina, mas, até o momento, sem sucesso.

Um mergulhador do Corpo de Bombeiros de Blumenau foi até o local no fim da noite desta sexta-feira para tentar localizar o corpo, mas até as 21h não haviam encontrado. 

Segundo o sargento Tarcísio, do Corpo de Bombeiros de Brusque, as buscas se encerrarão e voltam a acontecer no início da manhã de sábado, 28 de dezembro.

O tenente Hugo Manfrin, comandante do Corpo de Bombeiros de Brusque alerta a população quanto aos banhos em rios e lagos:

– Apesar de estarmos atingindo temperaturas muito elevadas na região de Brusque, com sensação térmica superior a 50ºC, o Corpo de Bombeiros recomenda novamente que as pessoas não utilizem os rios e lagos para se refrescarem.
Esses lugares apresentam riscos adicionais como correnteza, mudança súbita de profundidade, galhos, etc.
Procurem piscinas ou similares com profundidade conhecida, e de preferência com a supervisão de um profissional ou pessoa experiente. Para aqueles que não tem essa possibilidade, vale até banho de mangueira.
No dia de ontem tivemos um homem de 50 anos que morreu por afogamento, no rio Itajaí-Mirim, e foi localizado por mergulhadores do Corpo de Bombeiros a quase 11 m de profundidade.
E no dia de hoje mais uma garota de 16 anos se afogou, mas ainda não foi localizada.
Os pais também têm a responsabilidade de orientar e fiscalizar seus filhos.
Esperamos que esta estatística não aumente mais a cada dia.


Mais informações em breve.

* Atualização às 21h07
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio