Adolfinho é preso no Guarani, acusado de tráfico de drogas

Adolfo Steffen Neto, 30 anos, alugava uma residência no bairro Steffen, para a comercialização de drogas

Adolfinho é preso no Guarani, acusado de tráfico de drogas

Adolfo Steffen Neto, 30 anos, alugava uma residência no bairro Steffen, para a comercialização de drogas

IMG_7411O acusado de tráfico e associação ao tráfico de drogas, Adolfo Steffen Neto, 30 anos, o Adolfinho, foi preso na tarde desta terça-feira, 3, no bairro Guarani.

Após receberem denúncias do novo endereço, os policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) em conjunto com a Polícia Militar, cumpriram o mandado de prisão.

Segundo o delegado Alex Bonfim Reis, responsável pelo caso, a investigação contra Adolfinho iniciou após as denúncias anônimas informarem que em uma casa, na rua João Frederico Steffen, no bairro Steffen, havia a comercialização de drogas.

Na manhã da terça-feira, 26, duas pessoas foram presas na residência, Edite Nunes, 34, e Sidney Felício, 32. Eles eram quem residiam na casa e faziam o tráfico, na maioria das vezes, via Whatsapp. Edite inclusive, seria a responsável por buscar a droga em outros estados para vender na cidade.

Adolfinho alugava a residência para os acusados, e ganhava uma porcentagem do que era vendido no local, além de também comercializar e abastecer o ponto com mais drogas.

Agora ele será encaminhado à Unidade Prisional Avançada (UPA) de Brusque e ficará à disposição da Justiça.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio