Advocacia-Geral da União acionará Supremo para anular processo de impeachment

AGU argumenta que o processo contém "vícios" que impedem sua continuidade

Advocacia-Geral da União acionará Supremo para anular processo de impeachment

AGU argumenta que o processo contém "vícios" que impedem sua continuidade

A Advocacia-Geral da União (AGU) impetrará, no Supremo Tribunal Federal (STF), mandado de segurança para tentar anular o processo do impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. No domingo, 17, ocorrerá a votação da admissibilidade do impedimento, na Câmara dos Deputados.

A assessoria da AGU argumenta que o processo contém “vícios” que impedem sua continuidade. No entanto, os detalhes só serão informados pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, na tarde desta quinta-feira, 14, em coletiva de imprensa.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio