Afeg conquista troféus na 5ª edição da Copa Sulamericana

Afeg vence disputas de terceiro lugar nas categorias sub-14 e 16. Equipe ainda emplaca artilheiro

Afeg conquista troféus na 5ª edição da Copa Sulamericana

Afeg vence disputas de terceiro lugar nas categorias sub-14 e 16. Equipe ainda emplaca artilheiro

A Associação de Futebol Educacional de Guabiruba (Afeg) conquistou no último fim de semana dois troféus de bronze na 5ª edição da Copa Sulamericana. A competição, realizada em Palotina, no Paraná, teve duração de uma semana.

Após sete partidas, os atletas da categoria sub-16 conquistaram o terceiro lugar. No último desafio, contra o Rondonópolis Esporte Clube, a Afeg empatou em 3 a 3, mas superou o adversário nos pênaltis, vencendo por 5 a 4. O sub-14 selou uma boa campanha também com troféu, derrotando o Brazilian Soccer, do Paraná, por 2 a 0. O atleta Vitor Vicenzi, de 14 anos, terminou como artilheiro da categoria, com seis gols em oito jogos. O goleiro Jacson também foi menos vazado, com três gols sofridos, mas não levou troféu pois a organização decidiu entregá-lo ao goleiro campeão, do Rondonópolis, que sofreu o mesmo número de gols.

A Afeg foi até Palotina com três equipes. A categoria sub-13 não conseguiu classificação para a segunda fase da competição, apesar de ter feito campanha razoável, com uma vitória, um empate e uma derrota. Apenas um gol separou o time da classificação, que ficou com o Rosana, de São Paulo.
‘Superou expectativas’

Para o técnico das três equipes, Marcio Cesari, os atletas da Afeg chegaram mais longe do que o previsto. “Voltamos para casa muito satisfeitos, com a sensação de que nossa campanha superou as expectativas”. Segundo o comandante, a experiência da competição em Palotina foi positiva, pois os desafios foram diferentes dos vivenciados com frequência em competições regionais.

Cesari reconhece que a ambição de todos era de ser campeão. No entanto, sabendo do nível da competição, o comandante não desqualifica os bronzes conquistados. “Fizemos muito bem o nosso papel em Palotina. Provamos que estamos no caminho certo”.
O técnico aproveitou para agradecer ao apoio dos pais de todos os atletas, aos patrocinadores e a prefeitura de Guabiruba.

Apesar do clima de satisfação, Cesari fez um apelo à iniciativa privada. Segundo ele, a Afeg não visa lucros, e é difícil manter a escolinha de futebol. Além dos custos com a própria estrutura e funcionários da entidade, as competições ‘pesam no bolso’. “Pedimos para que todas as empresas interessadas em colaborar com o projeto entrem em contato conosco. O esporte forma disciplina. Nossos atletas foram elogiados em Palotina, e isso nos dá orgulho”.

Sub-14
A equipe destaque da Afeg foi a da categoria sub-14. Com placares elásticos, artilheiro e goleiro menos vazado, o time fez a diferença em Palotina. A equipe terminou com 100% de aproveitamento na fase de grupos, vencendo o Atlético Maringaense (4 a 0) e R1 Esporte Rondônia (10 a 0).

Na última quinta-feira, pela fase eliminatória, o time surpreendeu novamente após mais uma goleada, desta vez diante do Unimed, de Rondônia. Com sonoros 8 a 0, o clube passou para as quartas de final. Somente na partida de sexta-feira o ‘paredão’ Jacson foi levar o seu primeiro gol, na vitória da Afeg por 3 a 1 contra os Craques do Futuro, da Bahia.

A eliminação foi contra um time de nome semelhante ao adversário das quartas. Os Kraques do Futuro, do Paraná, derrotaram a Afeg por 2 a 1 na semifinal que aconteceu no mesmo dia. Na disputa de terceiro lugar, realizada no último sábado, o artilheiro Vitor Vicenzi fez o seu sexto gol. Gabriel Silva ajudou a equipe a derrotar o Brazilian Soccer do Paraná por 2 a 0 e levar o troféu para casa.
Sub-16

Com uma campanha irregular e repleto de ‘pedreiras’ pela frente, o time sub-16 também conseguiu o bronze. Na fase de grupos, os atletas venceram o Atlético Maringaense (2 a 1) e o Canecão do Paraná (1 a 0), mas perderam para o Rondonópolis (1 a 0).

No ‘mata-mata’, em outro 1 a 0, a Afeg derrotou o R1 Esporte Rondônia e passou para as quartas de final. A terceira fase da competição foi marcada pelo encontro entre a equipe guabirubense e o time de base do Atlético Goianiense.

Os atletas profissionais do clube goiano hoje disputam a série B do Brasileirão, sendo que o Dragão já chegou à elite do futebol brasileiro. No tempo normal, a Afeg empatou sem gols com a equipe de Goiás. Nos pênaltis, a consagração: Por 5 a 3, a equipe guabirubense conquistou vaga nas semifinais. Um pouco mais tarde, no entanto, ainda no mesmo dia, o time de Guabiruba o sonho da Afeg parou diante do Cacerense. A equipe não conseguiu se sobressair e acabou derrotada por 3 a 0. Na decisão de terceiro lugar, os guabirubenses voltaram a enfrentar o Rondonópolis. Desta vez o duelo terminou em 3 a 3, mas nos pênaltis, foi a Afeg que comemorou. Os gols do tempo normal foram marcados por Nathan, Matheus Debatin e Junior Zimermann.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio