Agências de emprego de Brusque têm mais de 80 opções disponíveis; confira a lista

Falta de qualificação profissional dificulta recolocação no mercado de trabalho

Agências de emprego de Brusque têm mais de 80 opções disponíveis; confira a lista

Falta de qualificação profissional dificulta recolocação no mercado de trabalho

Atualmente, o cenário de vagas de emprego em Brusque vem aquecendo aos poucos, conforme indicam as agências de emprego do município. No entanto, a maior demanda é por vagas com pré-requisitos de experiência ou especialização na área, exigências que não são supridas pela maioria das pessoas que procuram por uma recolocação profissional.

Veja também:
Obras da terceira subestação da Celesc em Brusque são iniciadas

Brusquense é eleita Miss Tattoo Floripa 2018

Por que Brusque está prestes a ter uma das primeiras embaixadas do Vasco fora do Rio

Segundo o coordenador do Serviço Nacional de Emprego (Sine) de Brusque, Diego Roberto Portalete, a procura por empregos na agência é pequena. “O problema é que eles não têm qualificação, a maioria pede experiência, e acaba que quem vem aqui as vezes não tem a experiência, daí fica difícil encaminhar.”

Para o diretor da Tempo e Trabalho, Édio Bertoldi, no momento o mercado vive um contraponto que dificulta o preenchimento das vagas.

“Existe um grande número de pessoas procurando diariamente uma colocação no mercado, e tem grande oferta de vagas na região. Só que muitas vezes não dá match entre as pessoas e as vagas disponíveis. Nem sempre a gente consegue fechar porque tem exigência de uma qualificação específica”, pontua.

Ele também destaca que atualmente a maior procura é por profissionais das áreas de produção, confecção e têxtil, além da tecnologia, que já tem demanda recorrente.

Em contrapartida, no Sine existem apenas 10 vagas para contratações, sendo a maioria para vendedores.

O proprietário da Céu RH, Graziano Andrade, afirma que “o mercado está aquecendo novamente”, mas ele destaca a procura por profissionais qualificados e com estabilidade.

Na agência Vagas Brusque, o número de vagas neste ano é maior em relação ao ano anterior. Segundo o diretor, Vagner dos Santos, 2017 foi mais fraco, mas esse ano voltou para média de 40 a 60 vagas por mês.

No entanto, apesar do crescimento no cenário dos empregos, a procura por vagas de trabalho está pequena. Ele também salienta que não percebeu mudança nos requisitos para os candidatos, mas nota que cada vez tem menos pessoas qualificadas para as vagas.

Veja também:
Secretaria de Saúde de Brusque lança número 0800 e aplicativo

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Bando com 10 assaltantes ataca empresa em Blumenau

“Tem vez que as pessoas me respondem ‘eu tenho três filhos e uma mulher grávida’ ao invés de dizer ‘eu tenho qualificação, eu fiz tal curso’”, pontua. “Esse ano parece que todo mundo tem filho, todo mundo está desempregado e precisando pagar as contas e não tem qualificação para se candidatar à vaga”, complementa.

Bertoldi ressalta que, em comparação ao mesmo período do ano passado, este ano as ofertas de vagas estão melhores. “Desde de fevereiro, comparando com ano passado, a gente verificou um aumento de abertura do número de vagas. Se fosse fazer um balanço no ano, pode considerar entre 20% e 30% no aumento de vaga, considerando as produtivas e de tecnologia no geral.”



 

Serviço

Tempo e Trabalho: atendimento no Edificio Duo Office – rua Henrich Richard Bruno Erbe, nº 25, sala 304, mediante agendamento. Informações no site www.tempoetrabalho.com.br.

Céu RH: atendimento na rua Germano Schaeffer, 10 – Sala 02 – Centro (Edifício Portinari). Informações pelo site www.ceurh.com.br.

Vagas Brusque: atendimento pelo site www.vagasbrusque.com.br

Sine: Informações no 3355-9763.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio