Almoço de Ideias aborda a importância de investir na qualificação do trabalhador

Presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, foi o palestrante do evento

Almoço de Ideias aborda a importância de investir na qualificação do trabalhador

Presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, foi o palestrante do evento

A 14ª edição do Almoço de Ideias da Associação Empresarial de Brusque (Acibr) ocorreu nesta sexta-feira, 6. Neste ano, o tema do encontro foi a educação, com a palestra do presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Glauco José Côrte.

Em sua explanação, Côrte afirmou que a falta de investimento em educação pelas indústrias é a principal causa de perda de competitividade no mercado. “O trabalhador menos qualificado é o primeiro a perder o emprego em tempos de crise e o último a ser reinserido no mercado de trabalho. Isso é injusto. Precisamos investir cada vez mais na qualificação da nossa mão de obra, precisamos estar preparados para a indústria 4.0, onde a tecnologia vai predominar e, para isso, precisamos de trabalhadores preparados”.

O presidente da Fiesc também apresentou dados sobre a situação da educação na indústria catarinense. Segundo ele, em 2012, 69% das indústrias do estado afirmaram que tinham problemas com a qualificação de seus funcionários. Côrte ressalta que este cenário mudou com o lançamento do Pronatec pelo governo federal. “Tínhamos menos de 10% dos jovens cursando cursos técnicos no estado, com o Pronatec, em 2014 chegamos a 21% dos jovens”.

No entanto, com a crise econômica, o governo federal cortou o orçamento do programa, o que refletiu diretamente nos números. “Em 2015 as matrículas no Pronatec caíram 57%. Tínhamos 35 mil alunos matriculados no programa em Santa Catarina. Em 2016, esse número caiu para cinco mil”.
Outro problema que as empresas enfrentam devido à falta de qualificação dos funcionários é a baixa produtividade. “A produtividade de um trabalhador brasileiro é um quarto da de um trabalhador americano. Precisamos investir em inovação, o que exige uma força de trabalho capacitada. Esta é a saída do nosso país”.

Para amenizar o problema, a Fiesc criou em 2012 o Movimento Santa Catarina pela Educação, que visa mobilizar, articular e influenciar os setores econômicos e o poder públicopara melhorar a educação quanto à escolaridade, qualificação profissional e qualidade do ensino. “O programa iniciou como Indústrias pela Educação, mas vários segmentos se interessaram e acabamos mudando o nome. Duas mil empresas de todo o estado já fazem parte do programa”.

A importância da educação
O presidente da Acibr, Halisson Habitzreuter, destacou que a palestra de Côrte mostra que o país tem um caminho a longo prazo para percorrer. “Eles mostrou a importância de qualificar as crianças hoje para se tornarem profissionais melhores no futuro”.

De acordo com ele, Brusque conta com três universidades que podem contribuir para a melhora que vai refletir futuramente na sociedade. “A Acibr entende a importância de falar sobre o tema educação para os empresários da cidade. Em uma crise como a que estamos passando, quanto mais qualificado o trabalhador, menos a empresa vai sentir a dificuldade econômica”.

O reitor da Unifebe, Günther Lother Pertschy, destaca que a educação é a saída do país. “A Unifebe é sempre parceira do Almoço de Ideias e ficou a nosso encargo buscar o palestrante. Entramos em contato com o Glauco e ele prontamente aceitou. Abordar o tema educação é muito importante, é preciso mostrar que o bem mais precioso das empresas é o talento humano, por isso, é preciso investir nesse trabalhador”.

O vice-presidente da Fiesc na região do Vale do Itajaí, Ingo Fischer, ressalta que também reforçou a importância de abordar o tema entre os empresários. “Sem dúvida nenhuma, se um país não se interessa pela educação, não vai ter progresso. O Glauco é um esteio no estado e dentro da Fiesc movimentando todas as indústrias para que todas se interessem pela profissionalização de seus funcionários”.

O prefeito interino de Brusque, Roberto Prudêncio Neto, também participou do evento. Para ele, encontros como este são importantes para se criar soluções para os problemas da cidade. “O Almoço de Ideias é um evento muito importante da nossa cidade. É nesses encontros que conseguimos trocar ideias e apresentar soluções. A educação é um setor imprescindível e quanto mais nos aprofundarmos e falarmos sobre o assunto, melhor”.

O prefeito de Guabiruba, Matias Kohler, afirma que eventos como o Almoço de Ideias possibilita uma construção mais aprimorada entre os poderes. “É sempre muito interessante os temas abordados no evento. A educação é uma bandeira da Fiesc que tem fomentado o investimento das indústrias nesse setor. O que é importante termos em mente é que a educação tem que deixar de ser um discurso de campanha e se tornar um princípio de ação”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio