Conteúdo exclusivo para assinantes

Alunos da educação infantil têm início das aulas atrasado em 11 dias no Bateas

Equipe trabalha na instalação de salas modulares, que receberão alunos do ensino fundamental

Alunos da educação infantil têm início das aulas atrasado em 11 dias no Bateas

Equipe trabalha na instalação de salas modulares, que receberão alunos do ensino fundamental

Alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Padre Theodoro Becker terão suas aulas iniciadas em 26 de fevereiro, 11 dias depois das outras escolas e creches da rede municipal de ensino.

Após a Igreja Católica não ter optado pela renovação da locação do Centro Comunitário do Bateas, onde eram realizadas as atividades em 2017, o CMEI foi alocado na Escola de Ensino Fundamental (EEF) Padre Teodoro Becker. As obras das salas pré-moldadas que abrigarão as crianças atrasaram em função das chuvas da última semana, adiando o início das aulas.

Inicialmente, a casa pré-moldada com cinco salas de aula seria utilizada pelas turmas do CMEI. No entanto, como elas ficariam distantes dos banheiros e precisariam passar por uma área descoberta, foi feita uma substituição: as salas da casa pré-moldada têm capacidade para 100 crianças e serão ocupadas por turmas do ensino fundamental, enquanto os 158 alunos da educação infantil vindos do CMEI irão ficar em salas originais da escola.

“Na verdade, eles estão ansiosos, pelo fato de serem salas novas”, explica Maria Vanete Pieper, diretora do ensino fundamental da escola. A unidade pré-moldada começou a ser construída em 16 de janeiro, e está em fase final. Todas as salas serão climatizadas.

De acordo com o cronograma, a obra deveria ter sido finalizada durante o Carnaval. Mas, com as chuvas do período, etapas externas dos trabalhos não puderam ser executadas. De acordo com a secretária de Educação de Brusque, Eliani Buemo, o mobiliário deverá ser instalado nesta quinta-feira, 22.

Salas pré-moldadas serão utilizadas por turmas do Ensino Fundamental | Foto: João Vítor Roberge

Nova escola
No pátio em que está o estacionamento improvisado, será construída uma nova escola com dois pavimentos, cujo projeto já está aprovado e aguarda liberação de verba. De acordo com Maria Vanete, a construção em que funciona a escola hoje será completamente destinada à educação infantil. Serão construídos também novos banheiros para a educação infantil no prédio atual.

Quanto à construção pré-moldada, Maria Vanete diz que não pretende descartá-la. Desta forma, foram iniciadas negociações sobre o terreno localizado em frente à escola com a Buettner. Para poder fazer um estacionamento, precisarão ser cortadas quatro árvores, num processo que também envolve a Fundação Municipal de Meio Ambiente (Fundema).

Alunos vindos do CMEI irão ocupar salas de aula da escola | Foto: João Vítor Roberge

 

Transtorno
Mário Sérgio Pacheco é motorista do Uber e tem uma filha de dois anos, que passou o último ano letivo no CMEI. Sua programação era de deixá-la na creche desde o dia 15, mas, como não foi possível, acabou perdendo oportunidades e faturando menos do que esperava, por não ter onde deixar a filha. “Já tive que pedir desculpas para o passageiro, por ter uma criança no carro durante a corrida”, revela.

Mesmo com a mudança das crianças da educação infantil para as salas internas da escola, Pacheco não está satisfeito com o que foi feito. “A estrutura parece meio improvisada, parece uma falta de organização. Talvez eu ainda tenha uma surpresa ruim no dia 26.”

Relembre o caso
As salas do Centro Comunitário do Bateas, pertencentes à Igreja Católica, estavam sendo utilizadas para as atividades do CMEI Padre Theodoro Becker. A prefeitura e a igreja tinham um acordo firmado em 2014. A administração municipal da época havia prometido que seria uma questão temporária e que um outro CMEI seria construído, o que não aconteceu.

A comunidade católica havia pedido para que a prefeitura desocupasse as salas no fim de 2016. No entanto, um novo acordo foi feito, prolongando a utilização do espaço até o fim de 2017. A igreja terá agora liberdade total para a realização de cursos e catequese no Centro Comunitário.

 

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio