Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Amobici pede revogação de lei que proíbe radares fixos em rodovias estaduais

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Amobici pede revogação de lei que proíbe radares fixos em rodovias estaduais

Esquecimento

  • Por Raul Sartori
  • 6:00
  • Atualizado às 23:33
  • +A-A

Sem radar
Em audiência pública na Assembleia Legislativa, o presidente da Associação Mobilidade por Bicicleta e Modos Sustentáveis (Amobici) fez um pedido surpreendente: que se revogue uma lei que proíbe o uso de radares fixos em rodovias estaduais. Na avaliação do cicloativista, isso impede que haja fiscalização permanente no excesso de velocidade em estradas movimentadas, como a SC-401, na Ilha de SC, onde são registrados com frequência atropelamento de ciclistas.

Esquecimento
O governo estadual já deu a sua maior condecoração – a Medalha Anita Garibaldi – a pessoas que verdadeiramente não mereciam, como o corrupto e presidiário Geddel Vieira Lima. Aliás, no governo de Luiz Henrique da Silveira era distribuída às pencas, até em saguão de aeroporto, como se fosse um santinho de campanha política. E há esquecimentos gritantes. Não se lembrou até agora de agraciar uma de tantas autoridades japonesas que nos anos 1970 introduziram o cultivo da maçã, do alho e do tomate em SC, além de ajudar em importantes obras de prevenção à desastres naturais no Vale do Itajaí. Agora mesmo o Japão está se transformando em um dos principais destinos da carne de frango produzida no estado.

Sucessão na UFSC
O Conselho Universitário (CUn) da UFSC reúne-se em sessão extraordinária, hoje, para apreciar e manifestar-se acerca de relatório de comissão especial designada pelo gabinete do reitor para apresentação de parecer envolvendo o processo de sucessão do reitor Luiz Carlos Cancellier. Diferentes grupos, principalmente ideológicos, querem se impor. Alguns não conseguem esconder o viés autoritário e oportunista, de quem Cao, aliás, mantinha prudente distanciamento.

Pressão
A Frente Parlamentar Catarinense em Brasília, envolvendo os 16 deputados federais e três senadores de SC, conseguiu agendar uma reunião com a direção do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, dia 17, junto com numerosa comitiva de lideranças da região do litoral sul do estado. Querem saber porque mesmo havendo uma decisão judicial do Tribunal Regional Federal (TRF4), liberando o turismo de observação de baleias francas embarcado desde agosto do ano passado, mediante regras fiscalizatórias e regulatórias por parte do ICMBio, este não fez absolutamente nada.

Farmácia popular
Projeto relatado pela deputada federal Carmen Zanotto (PP-SC) propõe incluir no programa Farmácia Popular, medicamentos para disfunções tireoidianas, fibromialgia, artrite reumatoide, ansiedade e depressão. Justo.

Prata da casa
Desportistas catarinenses notáveis, como Hans Werner Hackradt e Milton Carlos Della Giustina saúdam o advento de lei estadual determinando que para efetuar a inscrição em competições intermunicipais promovidas pelo sistema desportivo estadual o atleta deverá ser nascido ou residir pelo prazo de dois anos em SC. Werner diz que lutava por isso desde 1985. “Agora, com o trabalho de casa, os Jogos Abertos de SC poderão voltar a valorizar a prata da casa, com menor custo e derrubar os aproveitadores do dinheiro público para autopromoção, que agora terão que fazer o trabalho de casa”, diz Della Giustina.

Espanta investidor
Um estrangeiro que queira investir no Brasil se espanta com o que os políticos fazem. Um exemplo: um projeto de lei no Congresso quer obrigar fabricantes e importadores de automóveis e motos a divulgar em meio digital lista com nome e código de referência das peças desses veículos. A proposta tem parecer contrário do deputado federal Cesar Souza (PSD-SC), mas segue para a Comissão de Constituição e Justiça antes de ser votada em plenário.

“Arte” e arte
Do escritor catarinense Miro Moraes sobre o nu em exposição, tocado por um criança de cinco anos, e outros fatos escatológicos dos últimos dias: “Há duas formas consagradas de chamar a atenção para provocar mudanças de valores na convivência humana: uma pela criação dos gênios, a outra pela apelação dos medíocres. Cada um de nós que escolha a quem seguir”. Perfeito.

Emagrecimento saudável
Fatos que pouco se vê na mídia. Jaraguá do Sul, Blumenau, Brusque, Itajaí, Concórdia, Chapecó, São Bento do Sul, Lages, Tubarão, São José e Criciúma são alguns municípios onde funciona, nas instalações do Sesi, os chamados grupos de emagrecimento saudável. Com encontros programados durante seis meses e com até 30 pessoas cada um, são oferecidos em todo o Estado para trabalhadores da indústria e também para a comunidade. Tudo com suporte de profissionais de educação física, nutrição e psicologia. Iniciativas assim é que fazem diferenças, em todos os sentidos. Para o bem, obviamente.

DETALHES
Figura humana ímpar, o escritor, jornalista e professor Gervásio Tessaleno Luz lança nova obra no dia 26, na Biblioteca Municipal Dr. Fritz Müller, em Blumenau. O título é “Máximas do Barão de Itapuí”, de crônicas.

A imensa “colônia” italiana em SC vai gostar de saber que está sendo aprovado no Congresso Nacional um acordo permitindo que residentes na Itália ou no Brasil que tenham carteiras de habilitação emitidas por seu país de origem, possam convertê-las em documento de habilitação válido em ambos.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio