Após ameaças de feminicídio, mulher pula do segundo andar para fugir de ex-marido em Brusque

Caso ocorreu neste domingo no bairro Bateas; homem ainda não foi localizado pela polícia

Após ameaças de feminicídio, mulher pula do segundo andar para fugir de ex-marido em Brusque

Caso ocorreu neste domingo no bairro Bateas; homem ainda não foi localizado pela polícia

Por volta das 16h deste domingo, 12, uma mulher de 34 anos sofreu uma tentativa de feminicídio na rua Pedro Fantoni, no bairro Bateas, em Brusque. O suspeito é o ex-marido da vítima, um homem de 34 anos, que ainda não foi encontrado pela polícia.

Segundo informações da Polícia Militar, a mulher está separada a cerca de um ano do suspeito. Recentemente, começou um relacionamento com outro homem e então, o ex-marido iniciou as ameaças.

De acordo com relato da mulher, por volta das 14h de domingo, o suspeito foi até a casa dela e a ameaçou: caso tivesse alguém na casa dela, ele retornaria até o local para matá-la.

Além disso, o homem teria dito que tinha uma arma de fogo calibre 38, escondida no sofá do apartamento dele. Neste momento, a mulher acionou a Polícia Militar e fez um boletim de ocorrência.

O homem frequentava um bar próximo ao local, e, de acordo com outros relatos, ele teria afirmado que iria buscar a arma para matá-la. Após isso, ele teria saído em direção ao apartamento dele.

Às 16h, o suspeito retornou até a casa da vítima. A mulher, quando o viu chegar, tentou fugir. “Quando ele voltou de moto, que ele falou que ia me matar, só deu tempo de fechar a primeira porta, a qual ele arrombou. A porta do quarto, eu tranquei. E quando ele tentou arrombar mais essa porta, eu pulei”, relata.

A vítima conta que pulou da sacada, no segundo andar da residência, e procurou ajuda em uma vizinha. Na queda, machucou os pés.

Ainda, o homem teria quebrado portas dos guarda-roupas no interior da residência, além de ter revirado a casa inteira. “Ele não foi para me agredir, ele foi para me matar”, continua.

A polícia mais uma vez foi acionada e foi feito outro boletim de ocorrência. Segundo a PM, o ex-marido da vítima fugiu para um matagal, que fica nos fundos da residência, onde foram realizadas buscas, mas ele não foi localizado.

A mulher, para se proteger, foi para outro local. Porém, por volta das 18h20, a PM foi acionada novamente por ela, já que vizinhos teriam informado um incêndio na residência. Entretanto, era a moto do ex-marido que estava em chamas e acredita-se que o mesmo teria ateado fogo no veículo.

Ainda, segundo a mulher, o homem estava com o filho de 6 anos do casal durante o fim de semana e, nesta segunda-feira, 13, ela relata que não sabe onde a criança está. Agora, a Polícia Civil de Brusque investiga o caso.

Em caso de denúncias de agressão é possível ligar para o 180, número da Central de Atendimento à Mulher, que presta uma escuta e acolhida qualificada às mulheres em situação de violência. Em situações de emergências, o número da Polícia Militar é o 190.


Ainda não está no grupo de notícias do jornal no WhatsApp? Clique aqui e entre agora mesmo.

Você tem Telegram? O jornal tem um canal de informações lá. Clique aqui e participe.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo