Após conflito com torcedores, diretor de futebol do Brusque cogita saída

Carlos Beuting ficou insatisfeito com o que chamou de desrespeito da torcida; Pingo está próximo da renovação para Série D

  • Por Cristóvão Vieira
  • 6:30
  • Atualizado às 10:11

Após conflito com torcedores, diretor de futebol do Brusque cogita saída

Carlos Beuting ficou insatisfeito com o que chamou de desrespeito da torcida; Pingo está próximo da renovação para Série D

  • Por Cristóvão Vieira
  • 6:30
  • Atualizado às 10:11
  • +A-A

O atual diretor de futebol do Brusque, Carlos Beuting, afirmou estar insatisfeito no cargo e revelou que pretende ter no confronto com o Joinville, no próximo domingo, 23, sua despedida da diretoria do clube. De acordo com ele, apenas uma conversa com o presidente Danilo Rezini o separa do ponto final de sua trajetória no Bruscão.

A motivação para essa provável saída não é um problema interno ou alguma animosidade com elenco, comissão, ou diretoria, e sim o fato que aconteceu no sábado, 15, na partida contra o Inter de Lages: membros da Torcida Força Independente (TFI), a organizada do Brusque, fizeram cobranças acintosas e, segundo Beuting, por pouco não o agrediram em partida o qual o clube saiu vitorioso. A Polícia Militar precisou agir separando diretores do clube e os integrantes da TFI.

“Acho que meu tempo de contribuição encerra por aqui. Sempre estive, durante esses 16 anos com o Brusque, procurando fazer o meu melhor. Deixei família de lado, gastei dinheiro, são horas no volante, horas no telefone, e sempre fiz isso com muito carinho, mas no fim das contas não se recebe o respeito por isso”, Carlos Beuting, diretor de futebol

Beuting não escondeu a sensação de ingratidão que teve ao ser abordado da maneira que foi no fim da partida com o Internacional. “Acho que meu tempo de contribuição encerra por aqui. Sempre estive, durante esses 16 anos com o Brusque, procurando fazer o meu melhor. Deixei família de lado, gastei dinheiro, são horas no volante, horas no telefone, e sempre fiz isso com muito carinho, mas no fim das contas não se recebe o respeito por isso”, diz.

Para ele, fez ainda menos sentido a atitude da TFI pelo fato de o clube estar em boa posição no Campeonato Catarinense. “Se ainda estivéssemos brigando para não cair, mas estamos tentando a terceira colocação e vaga para a Copa do Brasil. Foi uma pena mesmo”, diz.

Belusso provocou confusão, diz TFI
Um membro da diretoria da TFI que preferiu não ser identificado comentou que o atacante Belusso foi quem incendiou a torcida. Ele teria provocado e falado palavrões. Pelo fato de menosprezar o clube em entrevistas, na opinião do membro, ele já era alvo de críticas. “A diretoria ao invés de amenizar nos atacou, sem saber o que o Belusso tinha feito. O Carlos (Beuting) veio exaltadamente para cima de nós jogando na cara que o clube paga ingressos para a torcida, saiu do campo e veio para cima de maneira grosseira”, disse.

O representante da TFI negou que a confusão tenha ficado próxima de agressão.

“É bem possível que Pingo renove”
Ainda cumprindo compromissos como diretor de futebol, Carlos Beuting falou sobre a montagem do elenco do Brusque para a Série D, que inicia no dia 21 de maio. Segundo ele, Pingo e toda a comissão técnica que está atualmente no comando técnico do time têm grande possibilidade de continuar o trabalho na competição nacional. “É bem possível que Pingo renove. Acredito que vai ser uma coisa tranquila, porque a comissão quer permanecer e o clube também”, diz.

Tudo isso dependerá de uma reunião que deve ser realizada entre a diretoria na próxima quinta-feira. O encontro definirá também quem fica e quem sai. As saídas mais prováveis ficam por conta de Boquita, Leilson, Eliomar, Belusso e Ricardo Lobo. Os nomes ventilados de permanência são João Carlos, Neguete, Cleyton e Carlos Alberto.

Partida contra Joinville tem alteração de horário
A Federação Catarinense de Futebol (FCF) confirmou ontem a alteração do horário do confronto entre Brusque e Joinville. Das 16h de domingo, o jogo passou para às 19h do mesmo dia. O Bruscão precisa vencer e contar com tropeço do Criciúma para terminar o campeonato na terceira posição. A quarta colocação já está garantida ao quadricolor.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio