Após devolução de recurso, não há previsão para construção de calçadas na Bulcão Viana

Prefeitura já solicitou ao estado novo contrato; acidentes devido à má conservação das calçadas são comuns

Após devolução de recurso, não há previsão para construção de calçadas na Bulcão Viana

Prefeitura já solicitou ao estado novo contrato; acidentes devido à má conservação das calçadas são comuns

Os moradores da rua Bulcão Viana presenciam quase que diariamente problemas causados pelas más condições das calçadas da via. A rua foi pavimentada no ano passado e as calçadas que foram danificadas durante a obra ainda não foram consertadas.

A balconista Janete Angioleti passa a pé todos os dias pela rua Bulcão Viana para ir e voltar do trabalho. Ela destaca que em alguns trechos é muito difícil caminhar. “Depois que asfaltaram, os carros passam muito rápido, então temos que passar pelas calçadas destruídas mesmo, porque não dá pra caminhar na rua”, diz.

A auxiliar administrativo Márcia Bolsoni mora no local há 52 anos. Ela conta que já sofreu acidente devido às más condições das calçadas. Também já presenciou outros pedestres que tropeçaram nas pedras soltas das calçadas. “Uma vizinha caiu e quebrou o braço, foi feito até boletim de ocorrência. Eu também já cai. Faço parte da diretoria da associação de moradores, cobramos respostas da prefeitura, mas até agora nada”, afirma.

A dona de casa Verônica Willrich também tem hematomas no joelho após sofrer uma queda na calçada em frente a sua casa. “Não tem condições de caminhar por aqui. Temos que redobrar o cuidado. Como um idoso, uma mãe com carrinho de bebê vai passar por aqui?”, questiona.

Sem previsão de recursos
A revitalização das calçadas da via não foi contemplada no convênio que recebeu recursos do governo do estado e de emenda do deputado estadual Serafim Venzon. Por este motivo, os cerca de R$ 200 mil que sobraram após a conclusão da pavimentação da Bulcão Viana tiveram que ser devolvidos aos cofres do governo estadual porque a prefeitura não poderia utilizar o dinheiro para executar algo que não constava no projeto e sequer foi licitado.

O vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi, não tem esperança de que o governo do estado faça um novo convênio e a prefeitura receba recursos para realizar as obras das calçadas. Ele afirma que a prefeitura fez o pedido de um novo convênio, entretanto, não há garantias de que será cumprido pelo governo estadual. “Tivemos a mudança de governo, desativação da ADR, eu acredito que o estado não vai devolver o dinheiro para fazermos as calçadas”.

O vice-prefeito ressalta que o objeto do convênio – pavimentação e drenagem da via – foi cumprido e que a prefeitura não tem recursos para executar a obra das calçadas. “Não temos esse dinheiro. Precisaríamos de um novo convênio, mas neste momento o estado não deve fazer. Não há previsão”.

Ele lembra que o convênio que deixou de fora a execução de novas calçadas na Bulcão Viana foi firmado em administrações passadas, por isso, esta gestão não teve como reverter a situação.

Ainda no ano passado, a prefeitura teve que fazer reformulações no projeto da pavimentação da via, já que havia recurso liberado para o asfaltamento, porém, não havia licitação e nem recurso previsto para a base e a sub base que dão sustentação ao asfalto. “Não somos os culpados por esses problemas, mas somos cobrados por isso”.

O vice-prefeito afirma que para tentar amenizar a situação, a Secretaria de Obras, em breve, deve iniciar a recuperação das calçadas que foram danificadas durante a execução da pavimentação.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio