Após interdição do pavilhão da Fenarreco, Ampebr cogita realizar Pronegócio em outra cidade

Entidade já foi sondada para realizar o evento em cidades como Itajaí, Balneário Camboriú e Florianópolis

Após interdição do pavilhão da Fenarreco, Ampebr cogita realizar Pronegócio em outra cidade

Entidade já foi sondada para realizar o evento em cidades como Itajaí, Balneário Camboriú e Florianópolis

Após o anúncio da interdição do Pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof, na segunda-feira, 29, a diretoria da Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (Ampebr) discute e analisa os possíveis locais para a realização da 45ª Pronegócio, que acontece de 14 a 18 de maio, já que, de acordo com a prefeitura de Brusque, as estimativas são de que o Pavilhão deverá receber reparos até o fim de junho.

“A notícia nos pegou de surpresa. Temos quatro edições da Pronegócio realizadas ao longo do ano no Pavilhão da Fenarreco. O próximo evento já está agendado no mês de maio, que é uma rodada grande, de Primavera/Verão, e necessitamos de um espaço maior para esse evento”, declara o presidente da entidade, Ademir José Jorge.

Segundo ele, atualmente a diretoria da Ampebr está analisando outras possibilidades, e locais para realizar as edições da rodada, tanto em Brusque como também em demais municípios. “Já fomos sondados por outras cidades, como Itajaí, Balneário Camboriú, Florianópolis, ou seja, não está descartado levarmos a Pronegócio para outras cidades. Estamos discutindo para realizar da melhor forma esse evento que é de extrema importância para as empresas que participam”, esclarece.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio