Após pressão, orçamento do esporte deverá ser aumentado em 2019

Dinheiro será investido nas bolsas atleta e técnico

Após pressão, orçamento do esporte deverá ser aumentado em 2019

Dinheiro será investido nas bolsas atleta e técnico

A Fundação Municipal de Esportes (FME) deverá ter aumento no seu orçamento para 2019. A informação é do líder de governo na Câmara de Brusque, Alessandro Simas, que está à frente da situação.

Segundo Simas, ele já conversou com o superintendente da FME e terá mais uma reunião com todos os envolvidos. A pasta de Esportes terá R$ 2,65 milhões para o custeio de suas atividades no ano que vem. O valor é pouco superior ao deste ano: R$ 2,51 milhões.

Veja também:
Em um ano, Hospital Azambuja realiza sete cirurgias de captação de órgãos 

Reajuste de mensalidades chega a quase 20% nas escolas particulares de Brusque 

Prefeitura de Brusque retomará programa de atendimento domiciliar a pacientes acamados 

O valor foi considerado baixo para manter o esporte no patamar desejado, por isso pessoas do meio esportivo pediram que o montante fosse revisto.

A concessão de aumento para o esporte é difícil porque o caixa da prefeitura já está bastante comprometido com outras áreas, como Saúde, Educação e Obras. Mas, questionado sobre se será possível atender a demanda da FME, o líder de governo diz que sim.

A notícia é boa para quem depende das bolsas atleta e técnico. Porque, segundo Olavo Larangeira, superintendente da FME, o dinheiro a mais solicitado será destinado também para este fim.

“Projetamos reajuste nas bolsas e de materiais e foi encaminhado ao governo com o Simas”, explica o superintendente. As duas bolsas são fundamentais para que o município consiga ter melhores desempenhos nas competições.

A intenção da fundação é trabalhar com três pilares no ano que vem: bolsa-atleta, bolsa-técnico e convênios. A estratégia inclui aumento nos valores das bolsas e também na quantidade.

Veja também:
Eleições 2018: as estratégias dos partidos na reta final de campanha

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Defesa diz que assassino de Bianca Wachholz agiu em defesa da honra

Segundo Larangeira, com o aumento será possível lançar os editais das bolsas já no começo do ano. Assim, os técnicos já poderão pôr em prática a iniciação esportiva com a garotada nas diversas modalidades.

Além de contar com o apoio do governo municipal, Larangeira também quer captar mais recursos de projetos federais. Por exemplo, através da Receita Federal.

A falta de bolsa-técnico foi um dos principais fatores para que o desempenhos dos atletas de Brusque fossem melhores. O município amargou más posições em diversas competições durante este ano.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio