Após vice da Copa Santa Catarina, Bruscão reencontra Tubarão no Catarinense

Atacante Edu tem expectativa de retorno; nova vitória faz time empatar em pontos com primeiros colocados

Após vice da Copa Santa Catarina, Bruscão reencontra Tubarão no Catarinense

Atacante Edu tem expectativa de retorno; nova vitória faz time empatar em pontos com primeiros colocados

O Bruscão não tem boas memórias recentes jogando no estádio Domingos Gonzales. A casa do Tubarão significou, para o quadricolor, uma derrota por 3 a 2 no Catarinense de 2017 e também a perda do título da Copa Santa Catarina, em dezembro. Porém, a equipe quer reverter essa situação e vencer o adversário no sábado, 3, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Catarinense.

Sob o comando de Pingo, o Brusque já acumulou duas vitórias, contra Concórdia e Criciúma. Mesmo com desfalques importantes, o time mudou a postura e se recupera de um começo de campeonato abaixo das expectativas. Caso vença, a equipe empata em pontos neste sábado com os dois primeiros colocados, Figueirense e Chapecoense. A partida será às 20h.

Força na defesa
Nome importantíssimo da recuperação quadricolor, o goleiro Dida se reapresentou na tarde de ontem após a vitória diante do Tigre. O atleta treinou no Centro de Treinamentos Rolf Erbe junto aos reservas e atletas não relacionados.

Completando um ano com a camisa do Bruscão, o autor de defesas dificílimas desde a primeira rodada sabe que terá uma missão complicada pela frente. “Conseguimos realizar dois bons jogos e cumprir nosso objetivo, porque dentro de casa tem que vencer, mas agora temos um compromisso difícil. Não tem jogo fácil. Vamos enfrentar uma equipe embalada e motivada, mas nós também estamos assim, o que nos dá confiança suficiente”.

Atravessando bom momento e nas graças da torcida, Dida comenta sobre a fase. “Graças a Deus venho trabalhando forte para conseguir essa sequência boa de jogos. Estou conseguindo ajudar meus companheiros dentro de campo, resultado também de bons treinos e do auxílio de toda a equipe para manter essa boa sequência’.

Espera de retornos
O esquadro quadricolor já tem as baixas do volante Bidía, do meia Dakson e do lateral-esquerdo Ronaell confirmadas por mais tempo, contudo, existe possibilidade de pelo menos um retorno. O centroavante Edu, que sofreu uma pancada no tornozelo, treinou normalmente na tarde de ontem e já é reavaliado pela comissão técnica.

Segundo Pingo, os treinos desta sexta-feira, 2, serão cruciais para a decisão da entrada de Edu. “Vamos tentar sentir o nível em que ele está, principalmente no que diz respeito à parte física. Ele teve um problema de tornozelo, que é uma parte frágil do corpo, portanto não podemos forçar sua entrada”, diz.

Sobre o lateral João Carlos, que sentiu dores e saiu durante a partida contra o Criciúma, Pingo é mais otimista. “Ele vai fazer mais uma avaliação, mas deve continuar na equipe. As notícias são boas, o que ele teve foi mais um cansaço por estar muito tempo sem atuar”.

O provável time que enfrenta o Tubarão conta com: Dida; João Carlos, Antônio Carlos, Douglas Silva e Neguete; França, Carlos Alberto, Adãozinho e Jean Dias; Rafinha e Wilson Junior (Edu). Ruan, Rafinha e Carlos Alberto estão pendurados e, se receberem amarelo no sábado, estarão de fora do próximo confronto.

Como vem o adversário
O Tubarão vem embalado depois de duas vitórias, sendo uma contra o Criciúma pelo Campeonato Catarinense e outra contra contra o América-RN pela Copa do Brasil. A equipe, que começou mal a competição estadual, voltou às graças da torcida tricolor. A equipe titular deve ser: Júnior Belliato, Marcos Vinícius, Jailton, William Mineiro e Jean; Liel, Everton Dias, Guilherme Amorim e Romarinho; Índio e David Batista.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio