Árbitro é agredido em confusão no Municipal de Futsal de Brusque

Indignada com marcação de falta, equipe do Poço Fundo partiu pra cima e atleta acertou tapa no juiz

Árbitro é agredido em confusão no Municipal de Futsal de Brusque

Indignada com marcação de falta, equipe do Poço Fundo partiu pra cima e atleta acertou tapa no juiz

O que era pra ser uma partida tranquila, em que o centro das atenções seria o futsal, teve confusão generalizada e até árbitro agredido. Os espectadores que acompanhavam o duelo entre Poço Fundo e Floripa Têxtil, válido pela semifinal do Municipal de Futsal de Brusque, assistiram à equipe do Poço Fundo entrar em quadra indignada com a arbitragem de Rafael dos Santos. No meio da confusão, o jogador Carlos chegou a desferir tapa no juiz.

Tudo começou na reta final do primeiro tempo. A equipe se alterou quando Santos marcou uma falta para o Floripa que o Poço Fundo acreditou ter sido equivocada. Do banco, o atleta Djonathan gritou e o árbitro se aproximou dele para pedir que parasse. Aí o time todo foi pra cima do juiz, e no meio da confusão Carlos agrediu Santos. Todo o time do Poço Fundo invadiu a quadra, e os mesários e representantes da Fundação Municipal de Esportes (FME) precisaram intervir para acalmar os ânimos.

O atleta Felipe saiu em defesa do Poço Fundo. “Ele empurrou o Djonathan e foi aí que começou. Todo jogo é a mesma coisa, com a JK Motos já havia sido assim. Ele expulsou o cara errado além de tudo”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio