Armados com minimetralhadora, homens assaltam empresa e colocam fogo em veículo

Ação ocorreu na tarde desta quarta-feira, 7, no Limoeiro

Armados com minimetralhadora, homens assaltam empresa e colocam fogo em veículo

Ação ocorreu na tarde desta quarta-feira, 7, no Limoeiro

A empresa Terraplanagem Augusto, localizada no bairro Limoeiro, foi assaltada na tarde desta quarta-feira, 7. Segundo testemunhas, enquanto um homem ficou esperando no carro, outros dois chegaram ao local, quebraram a porta com as armas, renderam os funcionários e anunciaram o assalto. Os criminosos estavam armados com uma minimetralhadora e gritavam pedindo dinheiro.

As testemunhas contam ainda que no momento do assalto, um carro chegava ao local, e os criminosos mandaram os homens deitarem no chão e não olhar para eles. Segundo as testemunhas, um deles usava um coturno semelhante ao utilizado pelos bombeiros.

Uma mulher que estava na empresa durante a ação, e que recém havia passado por uma cirurgia, passou mal  devido ao susto e foi levada para o hospital por um carro da própria empresa. A proprietária também passou mal, desmaiou e teve de ser reanimada pelas testemunhas.

Ainda não há informações da quantia levada pelos criminosos.

Após assaltarem a Terraplanagem Augusto, os três homens colocaram fogo em um carro, com placas de São Paulo e sem registro de furto, nas proximidades da ponte do Motel Quero Quero, no Limoeiro.

Uma mulher que passava pelo local viu a ação e foi ameaçada pelos criminosos. Ela relata que estava entrando na ponte quando viu três homens no local. Conforme ela foi se aproximando, percebeu que eles jogaram uma tocha de fogo dentro do carro e quando viram que ela testemunhou o fato, a ameaçaram com uma arma. “Eles me ameaçaram dizendo que se eu chamasse a polícia eles iriam me matar”.

Segundo ela, um dos criminosos era moreno e os outros dois, loiros. Ela relata também que do outro lada da ponte tinha um homem que estava vestido com a camisa da Augusto Terraplanagem, esperando os outros três com uma caminhonete prata. A mulher conta ainda que todos os criminosos estavam com touca balaclava, por isso, não conseguiu ver os rostos. Após a ação, eles fugiram com a caminhonete em direção a rodovia Ivo Silveira.

As PMs de Brusque e Itajaí fazem rondas pelas proximidades para tentar localizar os criminosos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio