A imagem do Pelznickel varia conforme a região onde ele está inserido, assumindo diversas aparências e personalidades pelo mundo. Conheça algumas delas:

Krampus

Foto: Pixabay

 

Na Áustria, ele é o Krampus. A aparência é mais diabólica e nas histórias o descrevem como metade cabra e metade demônio. A sua função é punir as crianças mal comportadas. 

As pessoas colocam roupas que imitam pele de animais e chifres e passam pelas ruas com correntes e sinos para avisar que estão chegando. 

Segundo uma reportagem da BBC, a lenda diz que ele usava um chicote para bater nas crianças e ainda as colocava dentro de um cesto, chegando a engoli-las em alguns casos. 

O Krampus tem uma presença maior na Áustria e geralmente aparece no dia 5 de dezembro, na véspera do dia de São Nicolau. No entanto, também é celebrado em festas de rua em Baviera, na Alemanha, no norte da Itália e também em cidades dos Estados Unidos. Na Polônia, é conhecido por Grumphinckel. 

Père Fouettard

M. Laurent/Divulgação

Na França, existe o Père Fouettard. Segundo um jornal da cidade francesa de Lorrain, sua aparência é a de um homem de barba negra que usa botas e um casaco grande. Ele tem um chicote ou um ramo na mão para bater em crianças. A passagem dele coincide com a de São Nicolau, personagem o qual ele acompanha. 

Klaubaufgehen

Klaubauf Museu

No estado de Tirol, na Áustria e na região Trentino-Alto Ádige, na Itália, o personagem é conhecido por Klaubaufgehen. 

Segundo uma publicação da Universidade de Innsbruck, o Klaubauf acompanha São Nicolau. A aparência dele é de um homem com casaco preto ou marrom, usando uma máscara de madeira ou de alumínio. Nas costas, há vários sinos.

Na cidade de Matrei, em Tirol, existe um museu dedicado ao Klabauf. 

Zwarte Piet

Divulgação

Na Holanda, o ajudante de São Nicolau é o Zwarte Piet. Segundo o National Geographic, o personagem se popularizou em um livro infantil no século XIX e pode ter sido inspirado em um escravo. 

Antes do país abolir a escravidão, era comum alguns nobres darem crianças negras escravizadas de presentes. Elas são mostradas em pinturas com roupas semelhantes às de Zwarte Piet, que é uma pessoa com brincos de ouro e lábios grandes. 

As pessoas que se vestem de Zwarte Piet pintam o rosto de preto e por isso o objetivo dos ativistas é eliminar o blackface das celebrações por ser racista e remeter à escravidão. 

Clube Boerwangs Klausen

Börwangs Klaus/Divulgação

Na Alemanha, há um clube chamado Boerwangs Klausen, criado em março de 2006, que mantém a tradição do Klausen, em Börwang. O grupo conta com cerca de 100 membros, composto por Klausen e por Bäberle, uma outra lenda da região. 

O objetivo do grupo é cultivar a tradição e mantê-la viva a longo prazo. O ritual em Börwang conta com o Klausentreiben, um evento fixo nos eventos antes do Natal que é celebrado no dia 5 de dezembro. A praça na cidade recebe diversas pessoas e, ao soar do sino, o Klausen aparece junto com Bärbele, que traz presentes para as crianças. 


Você está lendo: As variantes do Pelznickel: como é o personagem pelo mundo


Acompanhe:

– Introdução
– Conheça a história por trás da lenda do Pelznickel, o famoso Papai Noel do mato
– Christkindl: quem é a mulher vestida de branco que entrega doces
– Como é o Pelznickel em outros lugares do Brasil
– O Pelznickel em Guabiruba: como a lenda se tornou tradição no município
– Na memória: os costumes do Pelznickel antigamente
– Sociedade do Pelznickel mantém viva a tradição em Guabiruba
 Por trás da fantasia: quem participa da Sociedade do Pelznickel
– Como é a produção da roupa do Pelznickel
– Dos passeios de casa em casa a Pelznickelplatz
– O Pelznickel como atração turística em Guabiruba

 

Deixe uma resposta