Assinada ordem de serviço para duplicação de trecho da BR-470

Empresa responsável pela obra, entre Gaspar e Indaial, inicia os trabalhos topográficos nesta sexta-feira, 19 de julho

Assinada ordem de serviço para duplicação de trecho da BR-470

Empresa responsável pela obra, entre Gaspar e Indaial, inicia os trabalhos topográficos nesta sexta-feira, 19 de julho

Na tarde desta quinta-feira, 18 de julho, a ministra da Secretaria das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, acompanhada do Ministro dos Transportes, César Borges, oficializaram a assinatura da Ordem de Serviço para as obras de duplicação da BR 470, conforme já assumida pela presidente Dilma Rousseff em 2011, numa estada sua em Blumenau.

A obra foi dividida em quatro lotes: o primeiro de Navegantes a Luís Alves (Lote 1), divisa com Ilhota. O segundo, de Ilhota a Gaspar (Lote 2). O terceiro, de Gaspar a Blumenau (Lote 3) e o quarto, de Blumenau a Indaial (Lote 4), estes dois últimos foram os escolhidos para o início dos trabalhos em função da intensa circulação neste trecho. A obra completa, que compreende um trecho de 74 quilômetros entre Navegantes e Indaial, será realizada por meio de um investimento total de R$ 1,7 bilhão, recurso do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC II).

No cerimonial do evento, autoridades catarinenses que também estiveram empenhadas na causa foram convidadas a se pronunciar. Além do Governador do Estado, Raimundo Colombo, também houve espaço para os deputados federais, Décio Lima e Rogério Peninha Mendonça, os deputados estaduais, Ana Paula Lima e Jorginho Mello e o anfitrião do ato, prefeito de Gaspar e presidente da Fecam, Celso Zuchi. Também compôs o espaço o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), João José dos Santos , o diretor-geral do Dnit, general Jorge Ernesto Pinto Fraxe e o superintendente da empresa Sulcatarinense, vencedora da licitação, José Carlos Portela Nunes.

O prefeito de Brusque, Paulo Eccel, também esteve presente ao palco, acompanhado de todos os prefeitos das cidades que compõem a Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí, AMMVI, afinal, a entidade também foi uma ativista enfática na busca do momento registrado nesta data.

Salvatti expôs sobre a importância do momento que estava sendo vivenciado por Santa Catarina considerando a rodovia como “a principal artéria do desenvolvimento do Estado“ e trouxe outras boas notícias para a região. Numa conversa com o Ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, ficou confirmado a liberação de R$ 17 milhões para o município de Gaspar garantir a conclusão das obras da Ponte do Vale, outra importante estrutura que contribui diretamente com o trânsito na região, tirando do centro do município o tráfego pesado.

O mesmo reconhecimento pela relevância da região foi destacado pelo Ministro César Borges, quando assumiu que a rodovia já não tinha a mesma grandiosidade da região em que estava inserida.

O superintendente da empresa Sulcatarinense afirmou que os trabalhos de topografia já devem iniciar nesta sexta-feira, 19 de julho, mas máquinas só deverão ser vistas entre 30 e 60 dias, após a instalação dos dois canteiros de obras da empresa. As atividades de duplicação efetivamente começarão nas proximidades do bairro Belchior, entre Gaspar e Blumenau.


Fonte: Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Brusque

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio