Associação de Pais e Voluntários dos Atletas Especiais de Brusque completa 10 anos

A associação utiliza o esporte como inclusão social

Associação de Pais e Voluntários dos Atletas Especiais de Brusque completa 10 anos

A associação utiliza o esporte como inclusão social

No dia 24 de fevereiro de 2005, há exatamente dez anos, o então policial civil aposentado, Marcos Maestri, fundou a Associação de Pais e Voluntários dos Atletas Especiais de Brusque (Apvaeb). Hoje, o grupo acumula medalhas e troféus em competições estaduais, nacionais e internacionais, além de possuir o Selo Social por ser um projeto que realiza impactos positivos na sociedade e auxilia na inclusão de jovens e adultos especiais por meio do esporte.

O início
Maestri foi motivado a fundar a Apvaeb pelo fato de ter um filho especial em casa. André Luiz Maestri, portador da Síndrome de Down, nasceu em um período que a sociedade não sabia exatamente como lidar com portadores de necessidades especiais. Marcos Maestri explica que em Brusque, nos anos 1990, a educação precisava ser de responsabilidade dos pais. “Na Apae, não se alfabetizava um aluno especial. Minha esposa e eu educamos o André em casa”, explica. O filho de Marcos faleceu no ano passado, em novembro, vítima de falência múltipla de órgãos, aos 32 anos.

Em 2005, quando se aposentou da Polícia Civil, Marcos Maestri resolveu se dedicar para trazer melhores condições aos especiais. Ao observar que Brusque não tinha representação nas principais competições de paratletas, fundou a Apvaeb com o intuito de formar não só atletas competidores, mas também de participação. “Precisamos dar chances a todos. Dentro da associação nós não distinguimos atletas como ‘bons’ ou ‘ruins'”, explica.

Logo no segundo ano de fundação, a Apvaeb conquistou um dos títulos mais importantes de sua história. A nadadora Miriam Dutra Arais participou do Special Olympics, competição mundial de paratletas realizada em Beijing, na China, e trouxe medalha de bronze para Brusque.

Nos primeiros anos, a associação não possuía veículo próprio. Para deslocar atletas, a prefeitura emprestava a Kombi do Centro de Atenção Psicossocial (Caps). Além do desconforto, não era sempre que o grupo podia contar com o veículo, já que este também atendia outras demandas.

Em 2008, a associação conseguiu a doação de diversos produtos e realizou um bazar. Com o dinheiro arrecadado, os brusquenses puderam adquirir uma Ducato, que até hoje segue levando a delegação às competições. Três anos depois a Apvaeb chegou ao auge ao conquistar o primeiro lugar do Parajasc segmento de deficiência intelectual, o que pesou para que toda a delegação alcançasse o terceiro lugar geral. Foi a melhor colocação geral da história de Brusque em competições da Fesporte.

O próximo desafio do grupo já tem data marcada. Será o Parajasc, entre os dias 25 e 30 de abril, no município de São Miguel do Oeste.

Sobre a APVAEB

Desde a sua inauguração, a Apvaeb surgiu com o intuito de ser uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, que tem por objetivo promover o processo de socialização de pessoas portadoras de deficiência através da prática esportiva. Atualmente, o grupo é composto por 58 atletas que praticam quatro modalidades esportivas: basquete, natação, tênis de mesa e bocha.

A associação também promove a educação por meio da alfabetização e da educação artística, bem como incentiva a relação interpessoal entre os participantes e seus familiares e garante cobertura assistencial na área de saúde. Além disso, intermedia a inserção dos participantes no mercado de trabalho. Segundo Maestri, hoje 26 atletas trabalham em empresas brusquenses. Em uma parceria com o Sesi, os participantes especiais realizam cursos profissionalizantes na entidade.

Evento de aniversário

Para comemorar a data festiva, a APVAEB realiza amanhã o tradicional café com bingo. A associação estende o convite para toda a comunidade. O evento será realizado a partir das 14h, na paróquia da igreja Santa Rita. Os responsáveis pela execução da festa são os membros do Clube de Mães de APVAEB, voluntários que auxiliam a associação.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio