Atletas de Brusque representarão o Brasil no Sul-Americano de Patinação, na Argentina

Competição iniciou em 16 de junho e segue até a próxima terça-feira, em Mar Del Plata, na Argentina

Atletas de Brusque representarão o Brasil no Sul-Americano de Patinação, na Argentina

Competição iniciou em 16 de junho e segue até a próxima terça-feira, em Mar Del Plata, na Argentina

Sete atletas de Brusque participam do Campeonato Sul-Americano de Patinação Artística, em Mar Del Plata, na Argentina. A competição teve início no dia 16 e segue até 27 de junho. Do Colégio Cônsul, a aluna Kathleen Sasse Antunes, 13 anos, se apresentará na segunda-feira, 26, com o mini grupo show Àurea, de Itajaí.

Os atletas Julia Belli, Julia David, Natan Regis Pereira, Thaissa Comandolli, Fabrine Ristow e Maria Eduarda Wilke, do Clube de Patinação do Colégio Cultura, já estão na Argentina e já realizaram algumas apresentações.

As atletas brusquenses foram convocados pela seleção brasileira e passaram por testes, após realizarem inscrição. Antes de seguir para o Sul-Americano, passaram pelos campeonatos Catarinense e Brasileiro, garantindo assim, a vaga no campeonato em Argentina.

Kathleen conta que a preparação para a competição está a todo vapor. Todos os sábados, o grupo ensaia em Itajaí ou Florianópolis, para dar o melhor de si no Sul Americano. Aos 6 anos, a patinação começou a fazer parte da vida da atleta, que iniciou por influência das amigas. “Elas pararam e eu acabei seguindo, pois hoje é minha profissão e uma paixão”, afirma.

O pai Anderson Antunes, 37 anos, ressalta que a filha participava de grupo de dança também, o que auxiliou na desenvoltura com a patinação. “A agilidade e velocidade foram de encontro com a dança”. Para ele, é motivo de orgulho ver a filha participar do primeiro campeonato fora do país e levar o nome do município para fora.

A atleta destaca também o apoio do técnico Leandro Luzzi, o qual a incentiva, treina e participa junto no grupo, além dos patrocinadores que sempre acreditaram em seu potencial. “Sou grata a Deus pelo talento que tem me dado, aos meus pais, Colégio Consul onde tudo começou e aos meus técnicos Leandro e Jussara Branquinho. Em especial ao Leandro, que me treina até hoje e apostou na minha convocação para seleção brasileira”.

Pela primeira vez indo se apresentar fora do país, Kathleen revela que a expectativa é grande e o nervosismo começa a aparecer ao se aproximar da data. “Mas procuro me manter focada, até porque no Brasileiro, senti nervosismo antes, mas quando entrei na pista e comecei a dançar, esqueci de tudo”, lembra. No domingo, 25, a menina, junto com o pai e o grupo de Itajaí, embarca rumo à Argentina, em busca de uma medalha.

Esporte em destaque
A diretora do Colégio Cultura e presidente do clube de patinação, Cássia Krainski, comenta que a patinação artística é um esporte que vem crescendo muito na região. “Nossa equipe é muito talentosa e vem conseguindo excelentes resultados ao longo dos anos. É uma equipe que não mede esforços”.

Segundo a técnica Luana do Amaral, o grupo de show foi formado fim de 2015, com a intenção dos atletas vivenciarem a patinação em grupo, pelo fato do esporte ter mais competições individuais. “O grupo deu tão certo, que no fim de 2016 decidimos seguir e participar do Campeonato Brasileiro. Para a surpresa, no primeiro campeonato nível nacional conquistamos a vaga para o Sul-Americano”, diz.

Duas atletas de Itajaí, Liege de Paula e Maria Luiza Kienast, também integram o grupo do Colégio Cultura. Elas foram convidadas pela Fundação Municipal de Itajaí. O grupo competirá nas categorias Solodance e Freedance, além do quarteto Arabian Nights e grupo show Cinderela. Todos na classe internacional até 12 anos.

A montagem das coreografias do quarteto e grupo de show teve a participação de Luís Renato de Oliveira, do Clube Saldanha de Santos, de São Paulo. Ele que foi bronze no mundial de 2015 e 2016 na categoria grupo de show.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio