Audiência pública discute pavimentação da SC-420, entre Guabiruba e Blumenau

Ato público reuniu lideranças políticas da região para cobrar obra aguardada desde a década de 1980

Audiência pública discute pavimentação da SC-420, entre Guabiruba e Blumenau

Ato público reuniu lideranças políticas da região para cobrar obra aguardada desde a década de 1980

A Câmara de Vereadores de Blumenau realizou na noite de segunda-feira a audiência pública que discutiu a pavimentação asfáltica dos 13,5 quilômetros da rodovia SC-420, que liga Guabiruba a Blumenau, com extensão a Gaspar e Brusque. O encontro atende requerimento do presidente do Legislativo blumenauense, Vanderlei Paulo de Oliveira, e contou com a presença de aproximadamente 130 pessoas. Participaram do ato público o prefeito de Guabiruba, Matias Kohler, o vice, Valmir Zirke e os prefeitos de Brusque, Paulo Eccel; de Gaspar, Celso Zuchi e de Blumenau, Napoleão Bernardes. Os vereadores Marli Leandro e Valmir Ludvig, de Brusque, e Waldemiro Dalbosco, Osmar Vicentini, Felipe Eilert dos Santos, Luciano Schlindwein, Cristiano Kormann, Haliton Kormann e Jaime Luiz Nuss de Guabiruba estiveram presentes, além de outras lideranças políticas, comunitárias e empresariais das cidades envolvidas. 

O acesso entre Guabiruba e Blumenau é hoje um dos últimos em Santa Catarina sem ligação asfáltica. Atualmente o trajeto que liga o bairro Pomerânia ao Garcia é de terra e reduz cerca de 40 km entre os municípios, em comparação com o percurso feito via Brusque. O prefeito de Guabiruba ressaltou a importância da mobilização das cidades pela obra. “A união entre as lideranças regionais irá auxiliar nos encaminhamentos e na busca de uma solução para a execução da obra”, destaca Matias. Paulo Eccel disse que a audiência pública é um momento histórico. “O objetivo desta mobilização é transformar a letra fria da lei em concreto, uma rodovia adequada à integração regional, tão necessária. Temos que pensar na sustentabilidade das nossas cidades e discutir as questões num aspecto regional”, conclamou.

Para o presidente da Câmara de Guabiruba, Waldemiro Dalbosco, a concretização da obra auxiliaria na diversificação da atividade econômica da cidade, que hoje é focada no setor têxtil. “Com certeza esta rodovia vai ajudar a trazer novos empreendedores para a região”, apostou. O vice-presidente da Câmara de Vereadores de Brusque, Valmir Ludvig, ressaltou que os municípios não podem pensar em si somente. “No que tange à rodovia, esta união deve ser ainda mais permanente. Caso contrário, uma cidade estará jogando carros para outra. E a solução não chegará”, pediu.
História
Na enchente que atingiu o Vale do Itajaí em 1983 a SC-420 tornou-se a única rota para auxílio aos atingidos de Blumenau. Na época, iniciou-se um movimento para que a pavimentação da rodovia se tornasse realidade. Antônio Tillmann, intendente do bairro Garcia, de Blumenau, lembrou que os primeiros trâmites chegaram a ser realizados. “No dia 16 de maio de 1986, disse nesta tribuna que já havia sido publicado o edital de licitação para a obra de ligação de Guabiruba e Blumenau. Infelizmente, só foi notícia”, lamentou. Em 2007, novamente a rodovia voltou a entrar em pauta com sua inclusão no Plano Plurianual do Estado. Desde então, permanece sem definições.

Além da pavimentação da SC-420, estiveram na pauta da audiência pública a duplicação da SC-470 (Jorge Lacerda), entre Blumenau e Itajaí, as ligações entre Gaspar Alto-Gaspar, Gaspar-Rua Irapuru e Gaspar-Rua Pastor Oswaldo Hesse. Após o término da reunião o coordenador dos trabalhos, vereador Vanderlei Paulo de Oliveira, informou que os encaminhamentos necessários serão realizados. Um documento será elaborado e entregue ao governador do Estado, Raimundo Colombo.
> Confira reportagem completa na edição do Jornal Município Dia a Dia desta quarta-feira, 15 de maio
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio