Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Audiência pública irá discutir fiscalização do tempo de exposição de candidatos na televisão

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Audiência pública irá discutir fiscalização do tempo de exposição de candidatos na televisão

Parques concedidos

Raul Sartori

“Controle” ou censura?
O polêmico presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, marcou para quinta-feira, uma audiência pública para se discutir a fiscalização do tempo de exposição de candidatos no rádio e na televisão, já visando as eleições de 2018. Por sugestão dele próprio, que tem sido muito criticado por suas decisões e opiniões, um dos temas a ser discutido é se faz-se necessário um órgão estatal de controle das programações.

Parques concedidos
Ecologistas de bar e passeata devem abrir um berreiro assim que ficarem sabendo da última disposição do presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, que defende a concessão dos parques nacionais à iniciativa privada. Os vários parques nacionais em SC, por exemplo, não tem nenhuma ou quase nenhuma visitação porque os estridentes ecochatos de plantão temem que o risco à preservação, mesmo mínimo, está acima de tudo.

Fé em alta
A construção civil em SC ainda está em crise, principalmente a voltada à habitação. Mas quanto à “construção” em nome da fé, tudo vai bem, obrigado. Além de oratórios e capelas em todo lugar, há obras em andamento e projetos até de santuários, como um do bairro Passagem, em Tubarão, com custo de R$ 4 milhões. A Igreja Universal do Reino de Deus, em especial, ainda procura, onde estiverem, velhos cinemas para locação e transformação em templos.

Paternidade
Cinco dias é o tempo de licença a que um trabalhador tem direito assim que nasce o filho. Se for servidor público, 20 dias. Mas, se for pai de gêmeos? Os gastos e o trabalho para cuidar das crianças dobram, só que o período da licença não muda. Um servidor catarinense achou o prazo muito curto e decidiu entrar na Justiça para ter o mesmo direito da licença maternidade, que é de 180 dias, e conseguiu uma decisão inédita da 3ª Turma Recursal de SC.

Bando preso
Ouviram-se aplausos, em café, na Capital, ontem à tarde, diante de informação de que o Ministério Público de SC decretou a prisão preventiva de oito integrantes de associação criminosa de fora do Estado, que se deslocaram até a Capital catarinense com o objetivo de furtar telefones celulares no Folianópolis, evento musical realizado no feriado prolongado. O grupo, formado por três homens e cinco mulheres, foi preso com o impressionante número de 185 aparelhos furtados. Espera-se, agora, que os bandidos curtam boa temporada vendo o sol nascer quadrado. E sem celular.

Estatística
Não é só os florianopolitanos que ficam arrepiados com a mais recente estatística: a de que, de janeiro até 30 de outubro, 135 pessoas foram assassinadas na capital catarinense, 95% a mais que 2016. O mesmo pavor afeta os joinvilenses. Lá foram 115 no mesmo período.

Redutor mortal
O deputado Manoel Mota (PMDB) é porta voz de uma reclamação procedente, e está pedindo ao Deinfra que retire das pistas das rodovias estaduais os redutores de velocidades de concreto. Mesmo desativados, aqueles trambolhos estão lá. O deputado observa que várias pessoas já morreram por causa deles. Cinco apenas na região de Criciúma.

Má intenção
O deputado federal Regimento Lopes (PT-MG) é autor de uma estultice: apresentou proposta de emenda à Constituição que extingue o teto dos gastos federais criado pela Emenda Constitucional 95, que estabeleceu um limite para os próximos 20 anos. Talvez tenha sido um das PECs mais importantes dos último anos.

Inadequado
O escritor catarinense Deonísio da Silva, que entende destas coisas, diz que não tem nada contra, mas para ele foi inadequado, para o tipo de exame pretendido, o tema da redação do Enem – “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil” – domingo. “Não medirá nada”, sentenciou. Há controvérsias.

Inutilidade
Torcedores de futebol dizem que a proibição de venda de bebidas alcoólicas dentro dos estádios de SC é inócua, já que barracas vendem à vontade do lado de fora. Além disso, o consumo apressado só faz crescer o problema de embriaguez. Faz sentido.

Acesso único
Florianópolis sedia de amanhã até sexta-feira o 13º Encontro Nacional de Praças, categoria que envolve soldados, cabos, sargentos, subtenentes e bombeiros militares do Brasil. Um dos assuntos mais caros será debatido quinta-feira: o acesso único a todas as carreiras de segurança pública.

DETALHES
A intenção é boa, mas tudo tem limites. Foi rejeitado na Câmara dos Deputados projeto de lei que proibia a venda de bebidas alcoólicas a uma distância mínima de três quilômetros de escolas e universidades.

A Fatma e a Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert) assinam hoje o primeiro termo de referência do Brasil para obtenção e regularização das licenças ambientais de antenas de emissoras de televisão e rádio em SC. Até agora a legislação era um cipoal.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio