Conteúdo exclusivo para assinantes

Autoescolas de Brusque adquirem simuladores virtuais de direção

Estabelecimentos aguardam autorização do Detran-SC para utilizá-los nas aulas

Autoescolas de Brusque adquirem simuladores virtuais de direção

Estabelecimentos aguardam autorização do Detran-SC para utilizá-los nas aulas

Algumas autoescolas de Brusque já compraram o simulador virtual de direção. Diplomata, Lideral, Marquezan e Brusquense já possuem o equipamento e aguardam a liberação do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para usar os aparelhos. Outros estabelecimentos também estão em fase de adaptação.

De acordo com Célio Marquez, proprietário da Autoescola Marquezan, o Detran deverá credenciar os equipamentos, e também prestar treinamento aos instrutores sobre como ensinar no simulador. Por isso, os aparelhos só devem começar a funcionar daqui algumas semanas.

A Diplomata recebeu o seu simulador nesta semana. De acordo Teodoro Pereira Filho, instrutor do Centro de Formação de Condutores (CFC), o aparelho será importante no aprendizado de novos motoristas.

“Para quem já dirige, é diferente. Mas para quem nunca dirigiu nem teve contato, é proveitoso. É preciso tomar cuidado na instrução, como não tem cultura do simulador, podem achar que é videogame, pode virar brincadeira”, opina o instrutor.

Marquez, que tem ligação estreita com o Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Santa Catarina (Sindemosc), também acredita que o simulador será um benefício para formar melhores motoristas. A Marquezan também aguarda credenciamento do Detran, já que o aparelho foi instalado nesta terça-feira, 13.

O uso de simuladores já era uma exigência desde o ano passado, conforme o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Contudo, o Detran não havia regulamentado a questão, por isso as autoescolas catarinenses ainda não estão adaptadas.

Para o aluno, não terá alteração no tempo de aulas. O que mudará é que ele fará 20 horas ao volante e 5 horas no simulador, em vez de 25 horas somente no carro. O equipamento é exigido exclusivamente para a categoria B – carro.

A previsão das autoescolas brusquenses é que o preço da carteira de motorista fique no mesmo patamar. Os representantes de autoescolas dizem que, em algum momento, o custo deverá ser repassado, mas não existe previsão para que isso ocorra.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio