Avião com o time da Chapecoense cai na Colômbia e deixa dezenas de mortos

Equipe seguia para Medellin, onde iria disputar nesta quarta-feira, 30, a primeira partida da final da Copa Sul-Americana

  • Por Redação
  • 6:20
  • Atualizado às 10:19

Avião com o time da Chapecoense cai na Colômbia e deixa dezenas de mortos

Equipe seguia para Medellin, onde iria disputar nesta quarta-feira, 30, a primeira partida da final da Copa Sul-Americana

  • Por Redação
  • 6:20
  • Atualizado às 10:19
  • +A-A

Um avião que levava o time da Chapecoense, de Santa Catarina, caiu na Colômbia na madrugada de desta terça-feira, 29, informou o Aeroporto José María Córdova, de Rionegro. A equipe seguia para Medellin, onde iria disputar nesta quarta-feira, 30, a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional da Colômbia.

De acordo com uma postagem no Twitter do aeroporto, a aeronave, com matrícula CP 2933, caiu na região da província de Antioquia. As primeiras informações são de que há sobreviventes, de que havia 81 pessoas a bordo – setenta e dois passageiros e nove tripulantes. Ainda não há dados exatos sobre vítimas e sobreviventes. No entanto, de acordo com a Prefeitura de Medellín, há pelo menos 25 mortos.

Já por volta das 7h30 (horário de Brasília), o chefe da polícia de Antioquia, José Acevedo, afirmou à rádio Caracol que o número de mortos chega a 76. Ele informa ainda que cinco pessoas foram resgatadas com vida.

“Estamos trabalhando também para resgatar os corpos dos mortos entregar às suas famílias. Conseguimos resgatar cinco pessoas com vida. Quando amanhecer, vamos retirar os corpos e iniciar o processo para enviar ao país de origem das pessoas”, disse.

O aeroporto acompanha a situação no Twitter e diz que as condições climáticas dificultam o acesso ao local da queda, que só pode ser feito por terra. Equipes de resgate estão no local.

No texto divulgado no Twitter, o aeroporto informou que a torre de controle recebeu às 22h [hora de Bogotá] comunicado do piloto de que o avião, da empresa Lamia Corporation, procedente de Santa Cruz de la Sierra, estava em situação de emergência, entre o município de La Ceja e La Unión, com falhas elétricas.

Imediatamente, foram mobilizados o Comitê Operativo de Emergência, com a presença de funcionários da prefeitura de Rionegro, da Polícia Aeroportuária, Força Aérea Colombiana, de bombeiros e autoridades.

Atualizado às 07h45

Agência Brasil
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio