Bacias do PAC Azambuja e Limeira serão feitas paralelamente

Trabalho na rua Azambuja se concentra na confecção de caixas de passagem; na Limeira, empresa aguarda os trâmites para fazer a detonação da rocha no solo

Bacias do PAC Azambuja e Limeira serão feitas paralelamente

Trabalho na rua Azambuja se concentra na confecção de caixas de passagem; na Limeira, empresa aguarda os trâmites para fazer a detonação da rocha no solo

As obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Macrodrenagem nas Bacias Limeira e Azambuja devem seguir paralelamente a partir de agora. 

Com a dificuldade da obra na rua Alberto Muller, no Limeira, que precisa aguardar os trâmites legais para a detonação das rochas que impedem a escavação das máquinas no local, a prioridade é prosseguir com as obras na rua Azambuja. 

“Pelo fato de ter encontrado rocha na obra da rua Alberto Muller, o que dificultou o seu andamento, uma parte da equipe que estava no Limeira veio reforçar os trabalhos na rua Azambuja, que continua num ritmo acelerado”, diz o secretário de Obras, Gilmar Vilamoski.

Segundo ele, a prioridade na rua Azambuja agora é a execução das caixas de passagem e concreto. “Os trabalhos na rua Azambuja continuam com a execução das caixas de passagem, essa é a nossa prioridade porque a partir do momento que elas estiverem prontas já podemos preparar a base para a pavimentação”, adianta.

Vilamoski ressalta que o revezamento de bacias faz parte da otimização de equipamentos da empresa. “A empresa que está executando a obra tem uma quantia de equipamentos, então quando uma frente está mais rápida, ela prioriza esse local. Como não teve tubulação suficiente ali no Azambuja, eles foram para a Limeira; lá deu problema e eles retornaram ao Azambuja. Esse é um procedimento normal de obra, um bom gerenciamento de equipamentos”, explica.

Segundo o secretário, a obra de macrodrenagem no Azambuja está entrando na fase final. “No todo, a obra já está mais de 80% concluída. O trecho final tem 701 metros e já passamos de 360 metros. Já estamos indo para o trecho final e mantemos aquela previsão de que em abril parte do assentamento de tubos será concluída”, garante.

Após o trabalho de detonação das rochas na Bacia Limeira ser realizado, a implantação dos tubos na rua Azambuja será interrompida novamente para que mais tubos sejam estocados no local, porém, o trabalho no local seguirá com a confecção das caixas de passagem.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio