Barateiro faz seleção de novos atletas para representarem a equipe

O grupo brusquense inicia neste ano uma avaliação para o seu mais novo time de atletas no masculino

Barateiro faz seleção de novos atletas para representarem a equipe

O grupo brusquense inicia neste ano uma avaliação para o seu mais novo time de atletas no masculino

O fim de semana será de oportunidades para aspirantes a jogadores de futsal em Brusque. A equipe do Barateiro fará uma peneira no sábado, 24, em busca de novos atletas para suas equipes. Conhecido no cenário nacional como colecionador de títulos no naipe feminino, o grupo brusquense inicia neste ano uma avaliação para o seu mais novo time de atletas no masculino. As atividades iniciam às 9h na Arena Brusque.

Para o time feminino, a avaliação será feita com garotas nascidas nos anos de 1999 e 2000, para a equipe sub-16. No naipe masculino, meninos nascidos em 1998 e 1999 serão observados, a fim de formar o time sub-17. Para participar da atividade, tanto meninos quanto meninas devem comparecer trajados adequadamente para a prática do futsal.

Oportunidade

Segundo o técnico das equipes, Anderson Menezes, o Esquerda, o interesse do Barateiro com a peneira é dar oportunidade e encontrar talentos locais. A base dos times competidores já está formada, e é composta de atletas contratadas de outras regiões de Santa Catarina ou mesmo de fora do estado. “Temos uma boa parte do grupo, mas as meninas e meninos de Brusque e região que se destacarem na peneira podem ser inseridos”, diz. Segundo Esquerda, é oneroso ao clube manter e contratar atletas de fora. Compor a equipe com jogadoras locais é uma alternativa para reduzir custos. As vagas para o time principal são limitadas, e os atletas que se destacarem terão mais três dias de avaliação junto ao grupo. Após essa nova etapa de testes, os avaliadores do Barateiro definirão as contratações para a equipe.

Busca no masculino
Pela primeira vez, o grupo do Barateiro terá uma equipe masculina que levará seu nome em competições durante o ano. A base deste time é composto por atletas do município de Luís Alves, que já trabalhavam com o técnico Esquerda em outro projeto, mas agruparam-se ao Barateiro porque a prefeitura do município do Vale do Itajaí não teve interesse em prosseguir com os atletas.

Da mesma forma que o time feminino, o masculino também dispõe de algumas vagas que serão oportunizadas a jogadores brusquenses. Para Esquerda, é a chance de atletas que passaram da idade máxima abrangida pelas escolinhas locais permanecerem competindo. “O Guarani, por exemplo, tem equipe de futsal até os 15 anos. Os atletas que se destacarem podem compor o Barateiro”. Para o treinador, a força do nome da equipe será essencial para o interesse dos atletas da região. “Somos procurados por clubes de fora do estado, que nos oferecem atletas. Acredito que aqui na nossa cidade não será diferente”, diz.

Este ano, o calendário já será intenso para o mais novo grupo masculino do Barateiro. Os atletas já estão confirmados nas etapas estaduais dos Joguinhos Abertos, dos Jogos Escolares e da Olesc, além de outras competições estaduais que ainda dependem de confirmação da Federação Catarinense de Futebol de Salão (FCFS).

Exemplo de destaque
A última peneira realizada pelo Barateiro foi em 2013, com garotas de Brusque e região até 13 anos. Após a seleção, o grupo conseguiu formar uma equipe sub-13 que disputou o Campeonato Catarinense de Futsal. O projeto não teve continuidade no ano seguinte, mas uma atleta de destaque permaneceu treinando com o grupo principal. Larissa Mayer, que este ano completa 15 anos, foi mantida entre as atletas do Barateiro porque é desejo da comissão técnica que a jogadora inicie no grupo sub-17, conforme afirma a supervisora do clube, Caroline Bezerra. “Ela joga muito bem e tem bastante futuro no futsal. Vamos tentar encaixá-la nos treinos de rendimento para aproximá-la das equipes principais”, afirma.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio