Barragem de Taió passou por vistoria horas antes do rompimento

Uma propriedade foi atingida pela força da água neste sábado

Barragem de Taió passou por vistoria horas antes do rompimento

Uma propriedade foi atingida pela força da água neste sábado

Na noite deste sábado, 23, a Defesa Civil de Taió divulgou nota oficial informando que na manhã deste mesmo dia, a pedido no Ministério Público, foi realizada vistoria do funcionamento do canal da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Rudolf Heidrich, localizada no distrito do Passo Manso, em Taió. A barragem rompeu após a vistoria, por volta das 11h30.

A estrutura vem sendo acompanhada frequentemente desde o mês de outubro. Os trabalhos neste sábado eram acompanhados por um geólogo e um engenheiro contratados pelo MP para fazer a avaliação.

O canal, que tem cerca de 4 quilômetros de extensão, estava operando com 100% da capacidade de inundação, quando houve o rompimento, registrado por volta das 11h30.

Uma propriedade foi atingida pela força da água, não houve vítimas fatais. Um dos moradores ouviu o estouro causado pelo rompimento da parede do canal e correu para avisar os outros quatro moradores da propriedade.

A casa foi afetada com cerca de um metro e meio de inundação, no rancho o nível foi mais alto dois metros e meio. Entre os prejuízos registrados estão maquinário, trator, um automóvel, uma motocicleta, móveis e eletrodomésticos. Alimentos foram perdidos, além de grãos para alimentação animal. Houve também a morte de aves.

A Prefeitura de Taió, através da Secretaria de Assistência Social, tem prestado todo o auxílio possível para a família. Neste domingo o diretor municipal da DC, Jonata Petrowski Retke irá novamente, acompanhado do prefeito Almir Guski, fazer uma nova avaliação e reforçar o apoio a família atingida.

A Secretaria de Estado da Defesa Civil irá tomar todas as medidas cabíveis, dentre elas comunicar a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), órgão responsável pela fiscalização de estruturas de produção de energia.

A PCH Rudolf da empresa Heidrich Geração Elétrica, já teve problemas registrados no canal, em 2017 um rompimento em outro trecho atingiu pelo menos três propriedades, quando diversos animais foram mortos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio