Bóca Cunha apresenta balanço do seu mandato a frente da Prefeitura de Brusque

Prefeito recapitulou as obras e ações realizadas no decorrer do período

Bóca Cunha apresenta balanço do seu mandato a frente da Prefeitura de Brusque

Prefeito recapitulou as obras e ações realizadas no decorrer do período

Na manhã desta sexta-feira, 16, o prefeito José Luiz Cunha, o Bóca, recebeu nas dependências da sede administrativa da Prefeitura a imprensa. Além de agradecer o apoio na divulgação das ações do governo municipal, o encontro também foi realizado com o objetivo de fazer um balanço dos últimos seis meses do ano de 2016 em Brusque.

Além de recapitular obras e ações realizadas no decorrer do período, Cunha também aproveitou a ocasião para lembrar das iniciativas que ocorreram com o objetivo de reduzir custos e fechar as contas de fim de ano e de mandato, como diminuição de cargos comissionados e redução de carga horária.

“Vamos deixar a Prefeitura com a última parcela do 13º salário paga, assim como o pagamento do mês de dezembro. Nesta sexta-feira a sede administrativa encerra seu expediente, mas minha equipe ainda trabalha no fechamento das contas porque a partir de 31 de dezembro passo a estar do outro lado, como cidadão”, salientou Cunha.

Questionado sobre algumas obras em andamento no município, o prefeito disse: “Algumas ações não chegaram a se concretizar porque não queremos deixar o futuro prefeito em uma situação difícil. Temos mais de R$ 40 milhões disponíveis na Caixa Econômica Federal, no entanto, precisa de contrapartida da Prefeitura e não tem. A arrecadação caiu e os custos aumentaram”.

Já em relação ao novo prefeito que assumirá o cargo no dia 1º de janeiro, afirmou: “Não atrapalhamos em nada o futuro governo e a população brusquense. Não cancelamos nenhum convênio, pelo contrário, abrimos as portas da Prefeitura há 45 dias para a nova gestão se inteirar dos assuntos, projetos e ações”.


Confira a relação das principais obras e ações dos últimos seis meses de 2016:

Educação:

– Criação do Fila Única;
– Revitalização CMEI Max Rodolfo Steffen;
– Inauguração CMEI Hilda Anna Eccel;
– Reforma CEI Tia Trude;
– Inauguração CMEI Clara Maria Furtado.

Obras:

– Com Orçamento Participativo: uma rua (extensão 500 metros);
– Pavimentação Comunitária: oito ruas (extensão 820 metros);
– PAC: uma rua (extensão: 400 metros);
– Recurso próprio: duas ruas (extensão 455 metros);
– Obras de pavimentação asfáltica: seis (extensão 1715 metros);
– Obras de pavimentação com concreto: 18 (extensão: 460 metros);
– Obras de recapeamento asfáltico no Cedrinho;
– Obras de implantação de tubulação em Dom Joaquim, Limeira, Zantão, Rio Branco e Cedro Alto;

Obras que não foram concluídas em 2016 e estão programadas para serem executadas no ano de 2017:

– Francisco Sassi (Maluche);
– Anna Heil (Dom Joaquim);
– Tulipas (Rio Branco);
– Professora Solange Margô Gomes (Steffen);
– Vitor Gevaerd (Maluche);
– Bruno Maluche (Maluche);
– TC 010, 018 e 015 (Thomaz Coelho);
– Augusto Bento Mello (Águas Claras);
– Begônia (Thomaz Coelho);
– Ribeirão Meio (Santa Luzia)

IBPREV:
– Implementada a perícia médica, gerando economia com pagamento de auxílio-doença em 60% (R$ 1,5 milhão em 2016);
– Rentabilidade na atual gestão até novembro de 15,80%, superando a meta de 11,86%.

Samae:
– Implantação de novo sistema de telemetria;
– Renovação da frota;
– Novo reservatório de água tratada;
– Substituição da rede de amianto (extensão 3,6 quilômetros);
– Quitação de precatórios.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio