Bombeiros e policiais de Brusque atuarão no litoral

Maior operação integrada de Segurança Pública do estado começou ontem e segue até 6 de março

Bombeiros e policiais de Brusque atuarão no litoral

Maior operação integrada de Segurança Pública do estado começou ontem e segue até 6 de março

Por mais um ano, a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina (SSP-SC) realizará a Operação Veraneio. A maior ação integrada do estado iniciou ontem e seguirá até 6 de março de 2017, com mais de oito mil profissionais mobilizados. A atuação será no litoral e no interior do estado, com atendimentos em praias, balneários e estâncias hidrominerais. De Brusque, participarão 27 novos policiais militares que chegaram para o 18º Batalhão da PM, um bombeiro e da Polícia Civil, três escrivães e três agentes.

O delegado regional Francisco Ari dos Anjos explica que o efetivo da Polícia Civil não ficará comprometido com a saída para a operação, pois há uma programação para que eles não saiam no mesmo período. No primeiro momento, de 22 de dezembro a 19 de janeiro, sai apenas um escrivão. Em seguida, de 19 de janeiro a 16 de fevereiro, participam da ação um escrivão e dois agentes. E, por fim, de 16 de fevereiro a 6 de março, saem mais um escrivão e um agente.

Apesar do pouco efetivo no Corpo de Bombeiros, um militar também integrará a Operação Veraneio neste ano. Segundo o comandante, tenente Hugo Manfrin Dalossi, não foi necessário mexer nas escalas de trabalho, pois o bombeiro destinado para o litoral trabalha no setor de vistorias, que tem baixa demanda nesse período.

O comandante da PM, tenente-coronel Moacir Gomes Ribeiro, afirma que com a chegada dos novos policiais, também conseguiu manter as escalas de trabalho no município. “Felizmente não precisamos tirar ninguém do nosso ostensivo para mandar para a operação. Esse ano teremos mais policiais para fazer o trabalho preventivo em Brusque”, afirma.

Neste ano, a SSP prevê um gasto superior a R$ 26 milhões com a operação, valor investido na última temporada. O recurso será utilizado no pagamento de diárias para os policiais que serão transferidos de sua base para o litoral, alimentação de todo o efetivo e pagamento dos guarda-vidas civis. O acréscimo nos gastos, comparado ao último ano, está relacionado ao reforço de agentes de segurança nesta temporada, com a conclusão dos cursos de formação. Este efetivo será remanejado como reforço no policiamento nas cidades que receberão a operação.

Tecnologia

Neste ano, ainda está previsto o uso do E-193 Mobile. O sistema permite a inserção de ocorrências diretamente pelo celular do guarda-vidas, trazendo informações instantâneas para melhorar a gestão. Além da aquisição de um “vant”, veículo aéreo, não tripulado, para patrulhamento e monitoramento da orla de Florianópolis. Neste primeiro momento, será usado na praia dos Ingleses como projeto piloto.

Outra novidade é a construção de cinco postos de salvamento patrocinados pela empresa WOA. “São postos ecológicos que serão instalados nas praias de Fora, Pontas das Canas, Canavieiras e Brava”, explica Coronel Flávio Graff, sub-comandante geral do Corpo de Bombeiros.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio