Botafogo vence Galo por 3 a 0 e está nas semifinais da Copa do Brasil

Equipe fará clássico carioca com o Flamengo na penúltima fase da competição nacional

Botafogo vence Galo por 3 a 0 e está nas semifinais da Copa do Brasil

Equipe fará clássico carioca com o Flamengo na penúltima fase da competição nacional

 

Galo, Fogão… a combinação só podia dar um prato que foi delicioso para os cariocas, mas intragável aos mineiros. O Botafogo botou o Atlético na panela ao aplicar 3 a 0 e reverter a vitória adversária por 1 a 0 em Belo Horizonte. A partida foi realizada no estádio Nilton Santos, o Engenhão. Com isso, o time avançou para as semifinais e enfrenta o rival Flamengo na fase.

Cozido em partes
Os três gols do Bota foram bem espalhados durante os 90 minutos de partida. A panela esquentou a partir dos 5 minutos do primeiro tempo. O zagueiro Joel Carli abriu o placar após cobrança de escanteio na área que sobrou com o atleta. Roger também colocou sua marca na partida com gol de cabeça, revertendo a situação adversa da partida de ida nas quartas de final, já nos instantes finais do primeiro tempo.

A partir daí, e principalmente na etapa final, o Galo partiu para o desespero. A torcida do Fogão trancava a respiração a cada tentativa de ataque mineiro, que chegou a assustar bastante aos 39 minutos quando uma bola tocou na rede pelo lado de fora. Mas, para acalmar todos os ânimos, o Bota marcou mais uma vez. Aos 44 minutos, Bruno Silva achou Gilson que bateu de pé esquerdo para colocar o Botafogo nas semifinais da Copa do Brasil.

Santos 4×2 Flamengo
Jogo cheio de polêmicas! Quem começou vencendo foi o Fla, com gol de Berrío aos 9 do primeiro tempo. O Santos empatou com Bruno Henrique aos 33 e, aos 40, o Peixe teve um pênalti marcado a seu favor. Porém, em conversa com quarto árbitro, o juiz decidiu anular. No primeiro minuto de segundo tempo, Guerrero fez o segundo do Fla. Copete e Victor Ferraz viraram o placar, Copete ainda fez o quarto mas o placar encerrou por aí, classificando o rubro-negro.

Cruzeiro 1×1 Palmeiras
Com dois empates, foi a Raposa quem se deu melhor. Isso porque o time do técnico Mano Menezes havia empatado por 3 a 3, marcando mais gols no campo adversário. O primeiro gol saiu só aos 25 do segundo tempo, com Keno, deixando o Palmeiras na vantagem. Mas Diogo Barbosa deixou tudo igual e assegurou o Cruzeiro nas semifinais da competição. Com isso, o time mineiro encara Grêmio ou Atlético-PR, que ainda depende de segundo jogo nas quartas.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio