Botafogo vira pra cima do Vasco e está na final da Taça Rio

Fogão saiu vencendo, tomou virada mas conseguiu buscar triunfo por 3 a 2; confira demais estaduais

Botafogo vira pra cima do Vasco e está na final da Taça Rio

Fogão saiu vencendo, tomou virada mas conseguiu buscar triunfo por 3 a 2; confira demais estaduais

 

O Botafogo fez sua melhor apresentação na temporada e, contra todas as adversidades, venceu o Vasco pela semifinal da Taça Rio. O triunfo por 3 a 2 no estádio Nilton Santos veio em um jogo com duas viradas e repleto de emoção. Agora, o time aguarda o confronto entre Flamengo e Fluminense na noite desta quinta-feira, 22, para saber qual será o adversário da decisão.

Começo elétrico
Vasco e Botafogo começaram o clássico com os ataques bem aplicados, mas as defesas cochilando. Foram os ingredientes para que nada menos do que quatro gols fossem marcados já no primeiro tempo de jogo. O primeiro a marcar foi Brenner, do Fogão, após receber passe em boa jogada de Leo Valencia.

O empate apareceu aos 19 minutos. Em cobrança de escanteio de Paulinho na esquerda, Erazo subiu mais que todo mundo e testou para o chão, a bola bate no travessão e entra. A virada foi com Riascos, em novo desvio de cabeça após cobrança de escanteio mas, aos 33, Luiz Fernando deixou tudo igual após invadir a área e soltar a bomba para as redes.

A defesa no ataque
O duelo seguiu equilibrado, mas com as defesas mais atentas. Igor Rabello salvou o Botafogo de sofrer um gol aos 8 minutos. Paulinho bateu cruzado, a bola resvalou em Riascos e o zagueiro tirou. Mesmo assim, aos 13, Riascos fez o que quis no ataque e entregou para Wagner, mas o meia mandou pela esquerda.

Além de bom defensor, Igor mostrou qualidade no ataque. Após cobrança de falta do lateral-direito Marcinho, ele subiu e testou para as redes já aos 39 do segundo tempo. Aí o Vasco não teve mais forças para empatar, caindo na semifinal diante do Fogão no Engenhão.

GAÚCHO

Inter vence, mas Grêmio fica com a classificação
O torcedor do Grêmio sorriu por último, mas precisou trancar a respiração ao acompanhar o clássico válido pelas quartas de final do Campeonato Gaúcho. Após vencer por 3 a 0 o primeiro confronto, no segundo o time perdeu por 2 a 0, ficando a um gol de ter que decidir tudo nos pênaltis. O confronto foi realizado na quarta-feira, 21, no Beira Rio.

No primeiro tempo, o torcedor colorado aumentou suas esperanças. Isso porque o placar foi aberto aos 33 minutos em cobrança de pênalti – Bressan havia aplicado uma gravata em Moledo. Nico López cobrou e marcou, reduzindo a diferença em busca da classificação.

As chances voltaram a bater na porta do Inter no segundo tempo, principalmente depois de um golaço do craque D’Alessandro. Aos 22 minutos, o argentino cobrou falta com maestria, no ângulo esquerdo de Grohe. Mas foi só: triunfo colorado, classificação tricolor.

PAULISTA

 

Palmeiras goleia Novorizontino e segue para as semifinais do estadual
Com show de Lucas Limas, o Palmeiras voltou a derrotar o Novorizontino – já havia vencido por 3 a 0 o primeiro confronto -, mas dessa vez com um placar ainda mais elástico: 5 a 0 foi o resultado final. As duas equipes se encontraram pelo jogo de volta das quartas de final do Campeonato Paulista nesta quarta-feira, 21.

O Verdão se impôs desde o primeiro minuto de jogo. Tanto é que a bola já morria nas redes do Novorizontino aos 6 minutos. Lucas Lima achou Willian Bigode, que cruzou rasteiro para Bruno Henrique marcar. Se tem chocolate, tem cobertura: Keno ampliou aos 18 após tabelar com Lucas Lima e marcar por cima do goleiro. William Bigode fez o terceiro aos 34 minutos, um golaço, de primeira.

Novamente Lucas Lima foi o responsável pelo gol que fechou o placar. Depois de passe de Keno, ele levantou a bola na cabeça do atacante Papagaio que marcou seu primeiro gol com a camisa do Palmeiras, de cabeça, dando números finais ao confronto.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio