Brasil vence Suécia por 3×0 em amistoso na cidade de Estolcomo

Gols da partida foram marcados pelos atacantes Pato (duas vezes) e Leandro Damião

Brasil vence Suécia por 3×0 em amistoso na cidade de Estolcomo

Gols da partida foram marcados pelos atacantes Pato (duas vezes) e Leandro Damião

Na reedição do duelo da final da Copa do Mundo de 1958, no amistoso comemorativo desta quarta-feira, 15 de agosto, a Seleção Brasileira venceu os donos da casa por 3 a 0 na despedida do palco em que conquistou o seu primeiro mundial. Os gols foram marcados por Leandro Damião e Alexandre Pato (dois).

Depois do pontapé inicial dado pelo atleta do século, Pelé, a partida começou movimentada. E quem dominou as ações logo de cara foi o Brasil. Com o estilo de jogo que Mano Menezes implementou, valorizando a posse de bola e variando os flancos, a Seleção não deu muitas chances para a Suécia.

No primeiro tempo, Neymar chegou a balançar as redes, mas o juiz, equivocadamente, anulou o gol alegando impedimento do camisa 11. O craque santista levou mais alguns minutos para deixar Leandro Damião em plenas condições de marcar. O camisa 9 não desperdiçou e mandou de cabeça para o gol 1×0.

Depois de o Brasil abrir o placar, ninguém chegou a ter chances muito claras de gol. Até que, no segundo tempo, Mano Menezes começou a mexer no time e deu certo. Alexandre Pato entrou no lugar de Leandro Damião e definiu o placar. Fez o segundo do Brasil e primeiro dele no jogo num lance de oportunismo e, em seguida, sofreu pênalti que ele mesmo cobrou. 3 a 0 Brasil.

FICHA TÉCNICA
SUÉCIA 0 X 3 BRASIL
Local: Estádio Rasunda, em Estocolmo (Suécia)
Árbitro: Viktor Kassai (Hungria)
Auxiliares: Robert Kispal (Hungria) e Tibor Vamos (Hungria)
Gols: Leandro Damião e Alexandre Pato, duas vezes

SUÉCIA
Isaksson; Larsson, Granqvist, Olsson e Safari; Wernbloom, Holmen, Elm (Svensson) e Wilhelmsson (Kacanikilic); Marcus Berg ( Husén) e Toivonen. Técnico: Erik Hamren

BRASIL
Gabriel, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz (Dedé) e Alex Sandro; Rômulo, Paulinho, Ramires e Oscar (Hulk); Neymar (Lucas) e Leandro Damião (Pato). Técnico: Mano Menezes.

**Fonte: CBF (Confederação Brasileira de Futebol – www.cbf.com.br)
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio