Brasileirão tem início com equipes reforçadas e único representante catarinense

Competição começa com elencos milionários, Chapecoense representando estado e retornos à elite

Brasileirão tem início com equipes reforçadas e único representante catarinense

Competição começa com elencos milionários, Chapecoense representando estado e retornos à elite

Mais uma edição do campeonato que é a grande paixão da torcida brasileira se aproxima. A edição 2018 do Campeonato Brasileiro inicia neste sábado, 14, com uma primeira rodada que durará três dias.

O jogo de abertura será às 16h de sábado, entre Cruzeiro e Grêmio, e as duas últimas partidas da rodada serão na segunda-feira, às 20h, com Botafogo e Palmeiras no Rio e São Paulo e Paraná no Morumbi.

Em campo estará em jogo o planejamento das 20 equipes participantes. Ao término dos estaduais, muitas equipes se sagraram campeãs, outras frustraram a expectativa da torcida. Portanto, o Brasileirão é a chance da redenção de equipes que ainda devem uma resposta e a confirmação dos elencos que chegam com moral na competição.

Jogões da estreia
Pelo menos quatro partidas já na primeira rodada formam um encontro de grandes equipes do futebol nacional. A abertura da competição contará com o encontro do atual campeão da Copa do Brasil, Cruzeiro, com o campeão da Libertadores, Grêmio. A dupla protagonizou a decisão da Copa em 2017, vencida pela Raposa nos pênaltis.

Em São Januário, no domingo às 16h, Vasco e Atlético-MG medem forças. As duas equipes foram surpreendidas na final de seus estaduais pelos rivais, mesmo com vantagens nas decisões. É hora de buscar forças para a recuperação dentro do campeonato nacional.

Corinthians e Fluminense também é promessa de um grande jogo dentro da Arena do Timão. As duas equipes se enfrentam no domingo, 16h. O alvinegro vem com toda a sua força dentro de casa, contando com o embalo da conquista do título estadual e também por ser o atual campeão brasileiro, enquanto o Flu vai a São Paulo após uma boa vitória na estreia da Copa Sul-Americana.

A dupla Botafogo e Palmeiras se enfrenta no estádio Nilton Santos, o Engenhão, no Rio de Janeiro, segunda-feira, às 20h. Depois de polêmicas com arbitragem na final do Paulistão e um empate amargo em casa pela Libertadores, o Verdão tenta o crime contra o campeão carioca de 2018.

Grandes investimentos
Em mais uma edição do Brasileiro, há uma disparidade no investimento dos clubes. Para que se tenha uma ideia, o elenco do Palmeiras é avaliado no mercado da bola com o montante de R$ 389,5 milhões. Já o Paraná é bem menos valorizado, avaliado em R$ 46,1 milhões. Os valores foram apresentados pelo portal alemão Transfermarkt especializado em valores de mercado de clubes e jogadores.

A segunda equipe que mais gasta dinheiro com seu elenco é o Flamengo. O rubro-negro tem seu elenco avaliado, de acordo com a Transfermarkt R$ 368,09 milhões. Completando o pódio dos grandes investimentos vem o Grêmio na terceira posição, com elenco de R$ 334,86 milhões.

Novidades e retornos
Após 11 anos, o Paraná Clube retorna à elite do futebol nacional. Com a volta do Paranito, o município de Curitiba conta com dois representantes. Agora o clube concentra esforços em não retornar à Série B, local que frequentou por quase dez anos.

Depois de seu primeiro ano na Série B, o Internacional retorna para a primeira divisão com um plantel considerado forte, em busca de redenção e uma boa campanha para compensar a queda em 2016. Retornaram para a Série A, também, Ceará e América-MG.

Representante catarinense solitário
Apenas a Chapecoense representa o estado de Santa Catarina nesta edição do Brasileirão. Depois de perder o título estadual em plena Arena Condá e ser eliminado ainda nas fases prévias da Libertadores, o time alviverde tenta erguer a cabeça e recomeçar dentro do campeonato nacional.

Com um elenco modesto, a aposta é na experiência de quem já rodou muito dentro da Série A nacional. São os casos do atacante Wellington Paulista, artilheiro nacional pelo Cruzeiro em 2009, e do volante Márcio Araújo, ex-Atlético Mineiro e Flamengo.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio