Bruscão decide o futuro no Campeonato Catarinense neste sábado

Quadricolor precisa vencer o Juventus e torcer para que o Atlético-IB não vença o Marcílio Dias em Itajaí

Bruscão decide o futuro no Campeonato Catarinense neste sábado

Quadricolor precisa vencer o Juventus e torcer para que o Atlético-IB não vença o Marcílio Dias em Itajaí

O Bruscão terá 90 minutos para decidir sua vida no Campeonato Catarinense de Futebol. Só uma vitória sobre o Juventus aliado a um triunfo do Marcílio Dias diante do Atlético de Ibirama, neste sábado (12), salvam a equipe de um frustrante rebaixamento no Estadual. E se a ordem é vencer, o técnico Lio Evaristo promete mandar o time para cima. A equipe terá duas mudanças em relação ao time que perdeu para o Atlético na última rodada. Leandrinho entra na vaga de Aldair para jogar ao lado de Rafael Bitencourt, que ganhou a posição de Eliélton. 

Eurico e Serginho ficarão como primeiro e segundo volantes, respectivamente, mas o último também terá a responsabilidade de encostar nos meias para abastecer o ataque. “Observamos que entre nossos volantes e atacantes, a bola não está parando nos pés dos meias para que eles deixem os atacantes em condições de fazer o gol. Vamos com dois meias bem agressivos, que possam se transformar em atacante, enquanto o Eurico e o Serginho serão responsáveis por proteger o setor defensivo”.

Preparação
O técnico aproveitou a semana cheia para enfatizar jogadas ensaiadas e atividades de bolas paradas com os atletas. No treinamento de quinta-feira (10), Lio Evaristo dividiu a equipe em dois grupos. Enquanto um deles participou do tradicional rachão, o outro fez um trabalho específico de bola parada e movimentação no ataque. A única ausência foi Ricardo Lobo, que sentiu um desconforto e foi poupado.

Lio valorizou a cobrança de faltas passando orientações de posicionamento dentro da área aos atletas. Jogadas pelas laterais com infiltrações dos alas pelo meio também tiveram destaque. Os jogadores conseguiram bons aproveitamentos nas jogadas. Mesmo em momentos de erro nas finalizações, o técnico motivou a equipe. O destaque do treinamento foi o meia Rafael Bitencourt. “É isso ai Rafael. No momento que a gente mais precisa você está evoluindo. É o atleta que mais cresceu durante esta semana. É isso que estamos precisando”, disse Lio ao jogador ainda dentro de campo.
‘Guerra de nervos’
O técnico espera uma partida nervosa diante do Atlético e comenta que preparou a equipe para todas as adversidades que possam ocorrer durante o confronto. “Nestes dois jogos que comandei a equipe, detectei um pouco de desequilíbrio mental na hora que sofremos qualquer adversidade. Na vida isso acontece. No futebol mais ainda”. 

O treinador lembra que o Brusque não tem mais chances para erro e por isso, pede um voto de confiança ao torcedor na última partida. “Sou um cara bem sincero nas minhas colocações. Nós não temos moral nenhuma para pedir apoio para a torcida. Mas eu vou ter a humildade de pedir. Sei que nosso grupo está devendo para o torcedor, mas mesmo assim, precisamos que eles venham e nos apoiem durante a partida”.

Lio Evaristo pede que o torcedor jogue junto a todo momento e deixe as vaias, criticas e reclamações para o encerramento da partida. “Depois do jogo, a gente vê o que vai sobrar. Se o torcedor achar que merecemos criticas, ai sim, este é o momento. Agora, durante o jogo, precisamos de apoio. Se puderem nos dar uma força neste momento delicado, será muito bem aceito por todos nós”, declara. A partida entre Brusque e Juventus inicia às 16h. O árbitro Jefferson Schmidt comanda o duelo. Ele será auxiliado por Josué Gilberto Lamin e Diego Leonel Félix.
Promoção
A diretoria do Brusque novamente vai fazer um preço promocional para o duelo diante do Juventus neste sábado. Os ingressos para a geral custarão R$ 10. O custo para acompanhar o jogo no setor coberto é de R$ 20, enquanto as cadeiras saem a R$ 30. Os bilhetes serão comercializados a partir das 14h.¶
‘Não vai faltar força de vontade’
Dos 11 jogadores que entram em campo neste sábado para tentar salvar o Brusque da degola, cinco deles, praticamente metade do time, sabem o que a segunda divisão representa para o Brusque FC. Os zagueiros Cleyton e Néris, o volante Eurico, o meia Serginho e o atacante Eydison estavam no time que garantiu o acesso para a elite após muitas dificuldades.

As principais atenções recaiam sobre Eydison. Artilheiro do time na competição, ele iniciou o Catarinense como a principal esperança de gols da equipe, mas só balançou as redes uma vez, justamente sobre o adversário deste sábado, no longínquo, 5 de fevereiro. O jogador sabe que está devendo, mas diz que não vai medir esforços para deixar o clube na elite da competição. 

“Sabemos da importância que foi para recolocar o Brusque no seu devido lugar. Lutamos bastante no ano passado e, graças a Deus, chegamos ao acesso. Agora, seria uma decepção cair numa situação desta”. Eydison confia que pode voltar a balançar as redes e ajudar a equipe no jogo derradeiro. “Não vai faltar força de vontade, determinação e raça. E, se Deus quiser, vai dar tudo certo”, comenta.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio