Bruscão estreia em casa contra o Operário Mafra

O duelo diante do Operário Mafra marca o reencontro do Marreco com a torcida após mais de um ano

Bruscão estreia em casa contra o Operário Mafra

O duelo diante do Operário Mafra marca o reencontro do Marreco com a torcida após mais de um ano

Acabou a expectativa do torcedor brusquense. A partir de hoje, às 20h30, os admiradores do Marreco voltarão a ter a oportunidade de acompanhar o time no Gigantinho. O duelo diante do Operário Mafra marca o reencontro com a torcida após mais de um ano. Momento de ansiedade também para os atletas, como afirma o volante Mineiro. “É um momento importante, pois acredito que a torcida do Brusque não vê a hora de acompanhar o time. E isso é muito positivo, pois é um incentivo a mais para nós”, declara.

>> Participe do sorteio e concorra a ingressos para o jogo de hoje

Incentivo que de nada valerá se a equipe não fizer uma boa apresentação, como destaca o técnico Leandro Campos. “O torcedor do Brusque está com saudades da equipe e quer saber do que esse time é capaz de fazer. Precisamos de uma apresentação positiva para passar uma boa impressão neste primeiro encontro”, ressalta.

Time terá mudanças

Para o duelo diante do Operário Mafra, o Bruscão tem uma mudança. O meia Wellington Simião entra no lugar de Faísca, autor da cobrança de falta que culminou no gol de Tony no primeiro confronto.

Para o técnico Leandro Campos, a mudança não ocorre em razão de deficiência técnica de Faísca, mas sim pelas características do jogo. Em casa, ele comenta que o Bruscão precisa sair mais para a partida. Em razão disso, as características de Simião se encaixam mais nas necessidades do time. “O Faísca possui mais poder de marcação e fez uma boa partida na estreia, quando precisávamos disso. Mas agora, jogando em casa, temos que buscar mais o jogo, e o Simião tem muita qualidade para criar as condições que necessitamos de gol”, observa.

Um dos motivos para Simião não ter iniciado em Seara, também, foi em razão do ritmo de jogo. O jogador foi um dos últimos a se apresentar ao elenco e, por isso, acabou preterido. O atleta comenta que está 100% na condição física, seu único problema é o ritmo de jogo. “Eu vinha treinando no Luverdense (MT) e posso dizer que não há problema algum na questão física. A única coisa que faltava era o ritmo de jogo, que agora vou adquirir com o passar das partidas”, comenta.

Assim como os demais, o atleta também mostra ansiedade para jogar diante da torcida e agradece a confiança do treinador para iniciar jogando. “Aqui é um grupo. Por isso vamos respeitar quem o treinador escolher, pois todos são importantes, mas fico feliz por ter essa oportunidade de começar jogando diante da torcida”, observa.

Ingressos com venda antecipada

Os ingressos para a partida entre Brusque e Operário de Mafra podem ser adquiridos com antecedência a partir das 8h da manhã, quando a diretoria disponibilizará os bilhetes em frente ao Augusto Bauer. A expectativa é de que um bom número de pessoas compareçam para prestigiar a estreia do Marreco. Mais de 3 mil ingressos devem ser disponibilizados para a venda, mas a orientação é de que o torcedor chegue cedo para evitar filas.

Para a estreia, os bilhetes terão valor promocional. O setor descoberto custa apenas R$ 10, o coberto sai a R$ 20. O torcedor que quiser acompanhar ao duelo nas cadeiras desembolsa o valor de R$ 30.

Retrospecto em casa anima

Se depender do retrospecto em casa nos últimos jogos, o torcedor do Bruscão tem tudo para acreditar em mais uma vitória em casa. Na temporada passada, quando disputou a primeira divisão, o time só foi derrotado uma vez. O revés veio diante da Chapecoense: 2 a 1, em jogo válido pelo returno do hexagonal. Neste mesmo ano, o Brusque disputou outras oito partidas no Augusto Bauer com quatro vitórias e quatro empates.

Estádio liberado

A Polícia Militar fez ontem a última vistoria no Augusto Bauer antes da estreia do Bruscão. Foram recomendados apenas pequenas ajustes, sobretudo no que tange ao aumento das grades que dividem as torcidas, mas nada que comprometa a partida de hoje à noite.

Árbitro que já prejudicou o Brusque apita

A partida entre Brusque e Operário Mafra terá a arbitragem de Leandro Messina Perroni. O árbitro é conhecido da torcida brusquense. Em 2013, gerou revolta no Augusto Bauer em razão de uma arbitragem desastrosa, cercada de polêmica. Na oportunidade, anulou um gol legítimo do Bruscão no clássico com o Marcílio Dias. Não bastasse isso, na mesma partida, deixou de dar dois pênaltis a favor do Marreco e ainda anotou um inexistente para o Marinheiro, já no fim do confronto. A partida, válida pelo turno da competição, terminou em 2 a 2.

Como vem o adversário

Após perder na estreia por 2 a 0 para o Tubarão, o Operário Mafra projeta um bom resultado no Augusto Bauer. O time ex-Canoinhas culpa o tropeço as más condições do gramado no primeiro jogo (ver foto) e confia que pode surpreender o favorito Bruscão em pleno Augusto Bauer.

Sorteio

O MDD está sorteando cinco ingressos para a estreia do Bruscão em casa. Para concorrer aos bilhetes, basta preencher os dados do formulário e aguardar.

Ficha técnica
Brusque x Operário Mafra
Data: 18/06/2014 (quinta-feira)
Hora: 20h30
Estádio: Augusto Bauer, em Brusque
Brusque: Wanderson; João Neto, Cleyton, Rogélio e Flavinho; Mineiro, Carlos Alberto e Simião; Eydison; Tony e Matheus Paraná.
Operário Mafra: Adilson; Cássio Lopes, Casimiro, Rodrigão e Biro Biro; Hugão, Anderson Pedra e André Tereza; Júlio César, Rilber; Rincón. Técnico: Edmar Heiler
Arbitragem: Leandro Messina Perroni
Assistentes: : Maicon Vieira
Assistente 2: Sandro da Silva Rocha

>> Concorra a ingressos para a estreia do Bruscão na Série B

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio