Bruscão joga mal e perde a segunda consecutiva na Divisão Especial

Irreconhecível em campo, quadricolor toma gol no primeiro tempo e é derrotado pelo Imbituba no Sul do Estado

Bruscão joga mal e perde a segunda consecutiva na Divisão Especial

Irreconhecível em campo, quadricolor toma gol no primeiro tempo e é derrotado pelo Imbituba no Sul do Estado

O Bruscão começou mal o returno da Divisão Especial do Campeonato Catarinense. O Marreco perdeu neste domingo por 1 a 0 para o Imbituba e conheceu a segunda derrota consecutiva na competição. A partida foi realizada às 10h30 no estádio Emília Rodrigues, no Sul do Estado.

O Marreco iniciou o duelo com dois desfalques. Cleyton entrou no lugar do contundido Alexandre Carvalho. Roberto Jacaré ganhou a vaga de Cidinho, que se recupera de lesão.

O quadricolor teve muitas dificuldades durante o jogo e permitiu que o Imbituba abrisse o placar aos 25 minutos de jogo. Em bate-rebate na área, Michel desviou de cabeça, a bola ainda tocou em Cleyton antes de entrar.

O Brusque só acordou para a partida após sofrer o gol, mas tinha muitas dificuldades na armação. O quadricolor tentou pressionar o adversário, mas só chegava ao gol de Rodrigo em cruzamentos na área e em bolas paradas. A equipe teve vários escanteios consecutivos, mas não conseguiu aproveitar as oportunidades.

Irreconhecível em campo, o Marreco foi para o intervalo praticamente sem ter uma chance clara de gol. Foram poucas vezes em que a bola chegou nos atacantes Eydison e Roberto Jacaré, o que irritou o treinador Rogério Perrô, que mostrou descontentamento com o futebol apresentado pela equipe no primeiro tempo. “Faltou tudo”, resumiu.

Segundo tempo
O Bruscão voltou para a segunda etapa sem alterações. O técnico Rogério Perrô só fez a primeira mudança aos 11 minutos, quando trocou Flavinho por Santos. O Marreco iniciou a etapa complementar pressionando, mas sem conseguir criar oportunidades reais de abrir o placar. Roberto Jacaré teve a chance de empate aos 14 minutos, mas o árbitro Carlos Eduardo Areias anotou impedimento.

O time continuava com dificuldades na criação e não conseguia furar o bloqueio da equipe adversária. Fabinho teve uma boa oportunidade aos 19. O volante foi cruzar e quase surpreendeu o goleiro do Imbituba.
Um minuto depois, Rogério Perrô abriu o time. Ele colocou Thiago Ferreira no lugar do zagueiro Cleyton, mas quem teve a chance real de fazer o gol foi o adversário.

O Imbituba perdeu a oportunidade de ampliar com Cacá. Em falta próximo a área, o jogador bateu forte, a bola desviou na barreira e passou próxima à meta de Fabão. Douglas também perdeu outra boa chance em mais uma bola parada, mas desta vez o goleiro do Marreco salvou em chute no ângulo. 

O Bruscão continuou na pressão, enquanto o Imbituba segurava o placar. Apesar do controle da partida, foi o Imbituba que novamente chegou com perigo. Fabão salvou o segundo gol adversário ao defender chute de Cacá aos 43 minutos. 

O Marreco ainda teve a chance de igualar o placar antes do apito final. Cidinho, que entrou no decorrer da partida no lugar de Roberto Jacaré, chegou a fazer o gol de empate nos acréscimos, mas o assistente Fabiano da Silva anotou impedimento. Na reclamação da jogada, Neguetti recebeu cartão amarelo. 
O próximo jogo do Marreco na Divisão Especial será no domingo, 15, contra o Atlético Tubarão. O duelo está marcado para às 16h no estádio Domingos Gonzales. Para a partida, o técnico Rogério Perrô não poderá contar com o volante Luiz André e o zagueiro Neguetti. Os jogadores receberam o terceiro cartão amarelo e cumprem suspensão automática.

Confira a reportagem completa sobre a partida na edição impressa do MDD desta segunda-feira, 8 de julho.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio