Bruscão perde no último amistoso antes da estreia na série B

Equipe quadricolor volta a passar em branco e perde para o Avaí. Domingo tem estreia em Seara

Bruscão perde no último amistoso antes da estreia na série B

Equipe quadricolor volta a passar em branco e perde para o Avaí. Domingo tem estreia em Seara

O terceiro e último amistoso do Brusque antes da estreia na Série B do Catarinense acabou em derrota. A equipe fez o último jogo-treino ontem, diante dos reservas do Avaí, em Florianópolis, onde acabou derrotada por 1 a 0. O gol do Leão da Ilha foi anotado por André Lima, ainda no primeiro tempo.

Além do atacante, o Avaí também contou com a presença do meia Marquinhos, que se recupera de dores na panturrilha. Ambos não estiveram na vitória da equipe catarinense diante do Goiás, domingo, pela Série A. André Lima atualmente é reserva do time dirigido por Gilson Kleina, enquanto Marquinhos se recupera de dores na panturrilha.

Outros destaques da equipe foram a presença do volante Adriano e do atacante Rômulo, atletas que chegaram a atuar na vitória em Goiânia. O último, inclusive, foi o autor do gol do Leão no triunfo por 1 a 0 no Serra Dourada.
Bruscão

O Brusque foi à capital em busca de uma formação considerada ideal para a estreia no domingo diante do Juventus, em Seara. Assim como anunciado pelo Município Dia a Dia na edição de ontem, o técnico Leandro Campos montou uma equipe bem ofensiva na capital. A única dúvida era no gol, com Vanderlei sendo o escolhido para iniciar a partida.

O time entrou em campo com Vanderlei, João Neto, Cleyton, Rogélio e Flavinho; Carlos Alberto, Mineiro e Simião; Matheus Paraná, Tony e Eydison, no 4-3-3.

Na etapa final, quando a equipe já perdia por 1 a 0, praticamente todos os jogadores foram trocados. Ganharam espaço atletas como os zagueiros Wendel e Negueti e o lateral-direito Nequinha, apresentado na segunda-feira. O destaque ficou por conta da utilização do atacante Jean Carlos, oficializado ontem pela diretoria (ver no destaque).
Avaliação

Para o supervisor de futebol do clube, José Carlos de Carvalho, o Indião, o teste foi positivo para a estreia. Ele diz que conversou pouco com Leandro Campos, mas que o treinador considera que o principal objetivo antes do jogo de domingo foi atingido. “Dentro do que planejávamos, que era observar o trabalho em grupo, saímos satisfeitos. Só não foi bom o resultado, porque ninguém gosta de perder”, salienta.

O supervisor de futebol comenta que o Bruscão chegou a criar oportunidades de sair com um resultado melhor, mas parou em erros de finalização e na boa atuação do goleiro Diego, reserva do titular Vagner. “Criamos e tivemos condições de definir, só não conseguimos fazer o gol”, comenta, minimizando o fato de a equipe ter feito apenas um gol em três partidas amistosas na temporada. “Estamos enxergando pelo lado positivo de que, ao menos, o time está criando. Quem sabe estamos guardando para a estreia”, pondera.

Questionado se o 4-3-3, com Eydison jogando ao lado de Matheus Paraná e Tony, teria agradado a comissão técnica, Indião diz que gostou da movimentação do jogador. “O Eydison é um jogador de lado, que se movimenta bem. Só ele saiu duas vezes sozinho na cara do gol”, destaca.

O dirigente brusquense acredita que o time não deva ter muitas mudanças para a estreia e que a equipe inicia a segundona em um estágio de evolução. Para Indião, é nítido o crescimento do time em relação ao primeiro jogo amistoso. “Dos amistosos, acho que os três foram do mesmo nível, mas, sem dúvida, os dois últimos foram de melhor apresentação”, finaliza.

Jean Carlos é oficializado

Praticamente às vésperas de estrear na Série B do Catarinão, o Brusque confirmou ontem a contratação do atacante Jean Carlos. O jogador deveria ter sido oficializado já na segunda-feira, mas no momento em que estava prestes a assinar o contrato ficou tentado com outras duas ofertas que seriam de times da Série A e B do Brasileirão. Com o problema de última hora, a negociação se estendeu durante o dia, até que diretoria e jogador chegaram a um acordo ontem. A questão familiar teria pesado para a escolha do atleta.
Segundo Indião, a documentação do jogador já foi encaminhada para a FCF, mas sua presença no grupo que viaja para Seara ainda é incerta. “Ele estava há um tempo parado, então tudo vai depender do professor [Leandro Campos], pois o atleta precisará de um tempo para entrar em forma. Mas na questão da documentação, acredito que não teremos problemas”, afirma.

Currículo

Nascido em Salvador, na Bahia, Jean Carlos chega ao clube depois de uma passagem pelo Ituano, onde foi campeão paulista de 2014. No ano passado, o atleta chegou a defender o Figueirense. Jogou também no Joinville, em 2012 e no Atlético de Ibirama no ano seguinte. Foi em outra equipe catarinense, no entanto, que conseguiu projeção. Hoje com 31 anos, o jogador ganhou evidência na Chapecoense, campeã estadual de 2007. Entre 2008 e 2010, Jean Carlos chegou a atuar por três temporadas no futebol europeu.

 

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio