Bruscão perde pênalti e é derrotado pelo Marcílio Dias

Com a derrota, Marreco fica distante do título do returno

Bruscão perde pênalti e é derrotado pelo Marcílio Dias

Com a derrota, Marreco fica distante do título do returno

O Bruscão saiu derrotado do clássico com o Marcílio Dias e praticamente deu adeus ao título do returno da Divisão Especial. O placar de 1 a 0 deixou o Marinheiro na ponta com 12 pontos. O Marreco caiu para o quarto lugar, com sete. O gol da vitória do time de Itajaí foi marcado por Rodrigo Jesus, aos 35 da etapa inicial.

GALERIA

O jogo
Com um futebol envolvente, o Marreco surpreendeu o Marinheiro e foi amplamente superior ao adversário no início da partida. A novidade na escalação de Rogério Perrô foi a utilização de Santos, com Cidinho e Roberto Jacaré formando a dupla de ataque.

As principais jogadas de ataque eram pelo lado esquerdo, onde o time ganhava a maioria das investidas com Cidinho e Flavinho. Em alguns momentos, o atacante também alternava de lado com Roberto Jacaré e caia bem pela direita com João Paulo.

A primeira oportunidade de gol foi logo aos dois minutos. João Paulo cruzou para Cidinho e Igor teve que sair para evitar a conclusão. Um minuto depois, o atacante bateu de fora da área e o goleiro salvou o gol ao mandar para escanteio.

Com os meias saindo com rapidez e uma boa movimentação no ataque, o Marreco praticamente não deu chances ao adversário nos minutos iniciais. Enquanto o Marcílio errava muitos passes, o que deixava impaciente sua torcida.

O Marinheiro só melhorou no jogo a partir da metade da primeira etapa, quando Adriano Chuva obrigou Fabão a fazer boa intervenção. Após o lance o time ainda conseguiu boas investidas pelo meio. O Brusque respondia com perigo nos contra-ataques. O jogo seguiu equilibrado com os dois times se alternando no ataque, mas foi o Marcílio que abriu o placar aos 37 minutos.

Caca recebeu na área e deu um corte seco em Alexandre Carvalho. O atacante fuzilou a meta de Fabão com a perna esquerda e deixou o Marinheiro em vantagem. Pouco depois, Rogério Perrô colocou Saraiva na vaga de João Paulo. No intervalo, ele ainda optou por Luís André no lugar do amarelado Alexandre Carvalho, com Fabinho sendo deslocado para jogar ao lado de Negueti.

Segundo tempo
O placar favorável fez com que o Marcílio Dias se fechasse no intervalo. A equipe de Itajaí passou a explorar os erros do Marreco. E não foram poucos, principalmente nas saídas de bola. Diferente do primeiro tempo, o Brusque aceitou a marcação adversária. O técnico da equipe de Itajaí, por sua vez, corrigiu as falhas de marcação na ala-esquerda e o Marreco ficou com poucas opções de ataque.

Mesmo sem apresentar o mesmo futebol do primeiro tempo, o Brusque teve a chance do empate aos 10 minutos. Quando o árbitro Ronan Marques da Rosa deu pênalti de Lucas Bahia em Flavinho. Cidinho foi para cobrança e converteu. No entanto, a arbitragem mandou voltar alegando invasão. 

Em nova batida, outra vez com invasão, o jogador parou em Igor. Mas desta vez a arbitragem deixou o jogo seguir. O atacante do Bruscão ainda teve a oportunidade de fazer no rebote do lance, mas novamente não conseguiu superar o arqueiro Marinheiro, em jogada muito festejada pela torcida e jogadores do Marinheiro.

Depois do gol, o Bruscão passou a insistir em jogadas áreas e continuou sem exigir grandes defesas do arqueiro adversário. O Marcílio Dias também não se expôs, apesar de perder a oportunidade de ampliar com Mineiro. Ele recebeu bola em cruzamento da esquerda e testou no ângulo de Fabão. O goleiro do Marreco se esticou todo e evitou o segundo gol.

Rogério Perrô ainda tentou com Thiago Ferreira no lugar de Eurico, mas nem a saída de Rodrigo Jesus, que, lesionado, deixou o Marinheiro com um a menos aos 40 minutos, foi o suficiente para que a equipe tivesse forças para buscar o empate. 

> Confira a reportagem completa e a repercussão da derrota do Bruscão na edição impressa do MDD desta segunda-feira, 5 de agosto.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio