Bruscão realiza primeiro treino visando Brasileirão Série D 2018

Time contou com 13 atletas suando a camisa no CT Rolf Erbe

Bruscão realiza primeiro treino visando Brasileirão Série D 2018

Time contou com 13 atletas suando a camisa no CT Rolf Erbe

O Bruscão não teve muito tempo para descansar após o término do Campeonato Catarinense. No Centro de Treinamentos Rolf Erbe, durante a tarde desta quinta-feira, 4, um grupo de 13 atletas pôde ser acompanhado suando a camisa. Por enquanto são 12 remanescentes do estadual e mais uma nova contratação, o goleiro Julio Cesar. Lima, anunciado na tarde da última quarta-feira, não participou do treino.

Os treinamentos foram comandados por Pingo, com grande contribuição de George Castilhos, preparador físico que volta ao Brusque após passagem pelo Londrina. “O trabalho agora é para evitar desgastes. Tenho o objetivo de reduzir ao mínimo o número de lesões, algo que consegui no trabalho realizado em 2017”, afirma Castilhos.

O quarteto da comissão técnica foi formado ainda pelo auxiliar Bandoch, o preparador de goleiros Marcio Quevedo e o também preparador físico Sérgio Grach.

Cara nova

Goleiro afirma ter habilidade para sair jogando com os pés. Foto: Cristóvão Vieira

Julio Cesar estava no Foz do Iguaçu, que fez uma campanha de destaque no Campeonato Paranaense, terminando a fase de grupos do primeiro turno na liderança. Agora, atleta de 1,93 m e 30 anos aceita o desafio de passar segurança embaixo das traves quadricolores.
Natural de Criciúma, o goleiro volta para Santa Catarina com grandes objetivos. “Quero dar o meu máximo e levar a equipe a alcançar seus objetivos. Se for a opção do técnico, a torcida pode esperar de mim tanto nos treinos quanto nos jogos muita dedicação”.

Segundo Julio, a torcida pode esperar segurança embaixo das traves. “Eu saio bastante para buscar a bola, interceptando o cruzamento adversário. Também sou um goleiro que gosta e sabe jogar com os pés, até fui procurado pela diretoria do Brusque por ter esta característica”, explica.

Identificação com o clube
Perto dos 50 jogos como treinador do Brusque, Pingo, que chegou no quadricolor em 2014 e participou também das temporadas 2017 e 2018, afirmou que quer mais do que nunca o acesso para a Série C. “Eu posso afirmar que o Brusque se tornou meu clube de coração. É uma cidade boa, e por isso mesmo temos o objetivo de conquistar o acesso com o time”.

O técnico reconheceu que o time deixou a desejar no campeonato catarinense, e por esse motivo vem planejando a construção deste elenco do Brusque em conjunto com a diretoria. “Foi sempre assim que fizemos as coisas por aqui, um trabalho da comissão junto com os diretores. Queremos resgatar as vitórias, e principalmente voltar a fortalecer o fator casa, algo que neste ano foi muito difícil”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio