Bruscão sai atrás, mas vira no segundo tempo e larga com vitória na Copa SC

Com gols de Junai, Eydison e Santos, quadricolor venceu o Juventus por 3 a 2 no Augusto Bauer

Bruscão sai atrás, mas vira no segundo tempo e larga com vitória na Copa SC

Com gols de Junai, Eydison e Santos, quadricolor venceu o Juventus por 3 a 2 no Augusto Bauer

O Bruscão estreou com o pé direito na Copa Santa Catarina. Em uma grande partida disputada no Augusto Bauer, o time quadricolor saiu perdendo para o Juventus, mas com gols de Junai, Eydison e Santos, todos no segundo tempo, conseguiu a virada e somou os três primeiros pontos na competição.

>> GALERIA: Imagens da noite de estreia na Copa SC


A vitória veio após a equipe ser envolvida pelo adversário no primeiro tempo. Errando muitos passes e marcando em seu campo de defesa, o Brusque permitiu que Juventus fosse para cima e chegasse com perigo a todo instante na meta de Fabão.

As principais jogadas eram articuladas por Cícero. Das sete finalizações da equipe Grená na primeira etapa, quatro foram diretamente dos pés do jogador. Duas delas passaram muito perto do gol de Fabão. O Brusque optou pelo contra-ataque, mas insistia demais nas jogadas pela direita com João Paulo procurando Eydison no meio da área. 

Foram pelo menos quatro cruzamentos do jogador para o atacante. Na principal chance, o artilheiro da Divisão Especial bateu rasteiro, de primeiro, mas finalizou no meio do gol. Andrezão pegou no susto e salvou o Juventus.

Depois de perder duas boas chances consecutivas, em chute de Serginho e cabeçada de Cleyton, o Bruscão viu o adversário abrir o placar e fazer justiça ao domínio da etapa inicial aos 28 minutos. Cícero cobrou falta, Cadú se antecipou de cabeça e mandou na trave. Na sobra, o próprio jogador completou para o gol.

Atrás do marcador, o Brusque teve que sair para a partida e quase conseguiu o empate dois minutos depois, também em jogada de bola parada. Serginho cobrou falta, Andrezão defendeu e Eydison completou para as redes, mas o juiz assinalou impedimento do camisa 9.

O time quadricolor cresceu na partida, mas passou a correr riscos nos contra-ataques rápidos da equipe de Jaraguá do Sul. As principais chances saíram dos pés de Serginho e João Paulo, mas a equipe não conseguiu sair com a igualdade no intervalo.

Virada
O Brusque voltou para o segundo tempo com outra postura e dominou o adversário desde o primeiro minuto. O empate quase veio logo na saída de bola. Flavinho fez boa jogada pela esquerda, mas Eydison pegou fraquinho na pequena área e Andrezão salvou a equipe Grená.

Um minuto depois, o ataque quadricolor não desperdiçou. Após um primeiro tempo apagado, Junai começou a aparecer na partida e a se transformar no nome do jogo. O meia-atacante recebeu em velocidade na direita, chapelou um marcador, invadiu a área, deixou outro jogador do Juventus no chão e tocou com categoria no canto de Andrezão para marcar um golaço no Augusto Bauer.

O time quadricolor foi com tudo para cima do adversário que, acuado, permitiu que o Marreco criasse várias chances de gol. Apesar da superioridade, foi o Juventus que novamente ficou à frente do placar após uma falha defensiva do Brusque.

Em cruzamento despretensioso, Eurico deu bobeira, Cadú subiu nas costas do volante e desviou antes de Édipo completar para as redes aos oito minutos. No entanto, o gol não abalou o Brusque, que, dois minutos depois, mais uma vez chegou a igualdade. Junai foi derrubado por Alisson dentro da área. Eydison foi para cobrança e empatou novamente.

O Brusque continuou imprimindo um ritmo forte e só não virou aos 13 minutos porque Andrezão fez duas defesas milagrosas consecutivas. O gol da vitória veio com Santos, aos 25 minutos. Depois de tanto martelar, João Paulo cruzou na segunda trave e o camisa 11 subiu alto para fazer o terceiro.

O Juventus só voltou a pressionar nos minutos finais, quando o Brusque já estava com Cidinho, Saraiva e Néris na vaga de Santos, João Paulo e Junai, respectivamente. Mas as principais chances ainda foram dos donos da casa que pararam nas boas defesas de  Andrezão. Na última oportunidade do Juventus, Cícero mandou para cima da meta de Fabão antes do árbitro Natanaã Everton da Silva encerrar a partida.

O próximo desafio do Brusque será na quarta-feira, quando a equipe vai a Blumenau enfrentar o Metropolitano no estádio do Sesi.

Copa Santa Catarina
1ª rodada – Grupo B
Brusque x Juventus
Data: 17/10/2013
Hora: 20h30
Estádio: Augusto Bauer, em Brusque
Arbitragem: Natanaã Everton da Silva
Auxiliares: Elia Alves e Diego Leonel Félix
Brusque: Fabão; João Paulo (Saraiva), Cleyton, Leandro Mancha, Flavinho; Eurico, Luís André; Serginho e Junai (Néris); Eydison e Santos (Cidinho). Técnico: Rogério Perrô
Juventus: Andrezão; Dudu, Fellipe Ferrara, Mateus, Rodrigo Grasso, Alisson; Édipo, João Rodrigo, Cícero; Cadú, Tiago Amaral (Jhoy). Técnico: Márcio Ventura
Gols: Cadú, aos 28/1ºT (J); Junai, aos 2/2ºT (B); Édipo aos 8/2ºT (J); Eydison, aos 10/2ºT (B); e Santos 25/2ºT(B)
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio