Bruscão se reapresenta com foco no Atlético de Ibirama

Na manhã desta segunda-feira, 27, a equipe realizou atividade de posse de bola

Bruscão se reapresenta com foco no Atlético de Ibirama

Na manhã desta segunda-feira, 27, a equipe realizou atividade de posse de bola

Depois da amarga derrota sofrida pelo Brusque Futebol Clube na estreia do Campeonato Catarinense, a segunda-feira, 27 de janeiro, foi dia do primeiro treino com bola no CT Rolf Erbe, já visando o próximo compromisso. O Marreco enfrenta o Atlético de Ibirama nesta quarta-feira, 29, às 20h30.

O jogo será mandado no Monumental do Sesi, em Blumenau, como forma de cumprimento da última perda de mando de campo aplicado ao clube brusquense pela invasão às quatro linhas no jogo contra o Marcílio Dias pela Divisão Especial.

A primeira atividade dos jogadores pós-jogo foi realizada na manhã de domingo, 26. Foi um trabalho de recuperação física comandada pelo preparador George Castilhos. Na manhã de ontem, ele continuou o trabalho na academia do Sesi. Na sequência, o plantel se encaminhou ao CT, onde todos os atletas fizeram uma atividade de posse de bola, orientada pelo auxiliar técnico João Bandoch. Para finalizar, o técnico Pingo fez um exercício em campo reduzido apenas com os jogadores que não iniciaram na partida contra o Figueirense.

Galeria

O elenco recebeu folga na tarde de segunda-feira, 27, e volta a se reunir apenas nesta terça-feira, 28, quando realiza o último treino antes do jogo contra o Atlético de Ibirama.

Bruscão confiante

O clima no CT entre jogadores e comissão técnica é de confiança. Apesar da derrota por 1 a 0 na estreia, o Brusque jogou bem, mas pecou nas finalizações. Diante disto, Pingo disse que alguns detalhes serão trabalhados para o confronto de amanhã. “Buscamos o resultado desde o início. Tivemos posse de bola e pressionamos o adversário. Temos que corrigir algumas coisas, como conclusão e atenção nos contra-ataques”, diz. Sobre a derrota, ele acrescenta. “Ficamos tristes pelo resultado, mas felizes pela boa atuação da equipe”.

O zagueiro Cleyton concorda com o técnico, mas acrescentou que é preciso ter cautela com o adversário do Alto Vale do Itajaí. “O que passou, passou. A gente não pode se empolgar com a partida que fizemos contra o Figueira”. Segundo ele, para conseguir os três primeiros pontos é preciso se concentrar e tentar fazer “uma partida melhor ainda contra o Atlético”. 

Para o meia Rafael Bitencout, que entrou no segundo tempo no lugar de Kiko, é preciso ficar atento a marcação do Atlético de Ibirama. “Agora é um jogo totalmente diferente, uma equipe que marca mais e estão na expectativa de fazer outro bom jogo contra nós”. O Atlético estreou no campeonato com uma vitória em casa sobre o Avaí, por 2 a 1. 

Além da marcação, o comandante Pingo ressalta outro ponto forte dos adversários: a bola aérea. “É uma equipe de muita força, que tem o seu forte na bola alçada. Temos que neutralizar essas jogadas e procurar impor nosso ritmo desde o início do jogo em busca da vitória”.

> Confira a matéria completa na edição impressa do MDD desta terça-feira, 28 de janeiro
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio