Bruscão volta a enfrentar o Marcílio depois de jogo que não acabou

Times se reencontram nesta quarta-feira (18) após confusão no estádio Augusto Bauer

Bruscão volta a enfrentar o Marcílio depois de jogo que não acabou

Times se reencontram nesta quarta-feira (18) após confusão no estádio Augusto Bauer

O clima é de revanche, o cenário (mais do que nunca), de uma final. Este é o pensamento do Brusque FC para o jogo desta quarta-feira (17), quando a equipe quadricolor volta a enfrentar o Marcílio Dias. A partida será às 20h30 no estádio Doutor Hercílio Luz, em Itajaí.

Os jogadores ainda não assimilaram bem a atuação polêmica de Edson da Silva no clássico disputado no Augusto Bauer. Segundo o zagueiro Cleyton, a situação serviu para unir mais o grupo e motivar o plantel para superar o adversário no jogo desta quarta-feira. 

Para o defensor, uma vitória em Itajaí será especial em decorrência das três partidas com arbitragens polêmicas que favoreceram o adversário somente nesta competição.  “A gente está engasgado com estes caras já, porque sempre contra eles arrumam alguma coisa para nos prejudicar. Isso fez com que a gente tomasse força, pegamos como motivação para usarmos isso e conseguir nosso objetivo”, diz. “Com o juiz ajudando eles ou não, vamos colocar em prática nosso futebol que não vai ter juiz para tirar nossa vitória”, completou, antes de saber da mudança na escalação do árbitro da partida.

O zagueiro confidenciou que a tensão em relação a arbitragem de Edson da Silva já existia antes mesmo do apito inicial. “A gente estava preparado, sabia que ia acontecer, mas não da maneira como foi. É algo que vem se repetindo desde o começo do campeonato. Não sabemos o porquê e o motivo disso, mas também não convém a gente falar o porquê”.

Ele diz que, apesar de o time contar com vários desfalques, é possível sair da partida com a vitória. “Sabemos que dentro de campo nosso time é bom. É um time de qualidade. Um elenco forte e quem entra dá conta do recado. Precisamos fazer nosso jogo, deixar o juiz de lado e trazer os três pontos”.

Cuidados de sobra
Após os acontecimentos do último domingo, o técnico Rogério Perrô pediu cuidado redobrado aos atletas. A intenção do treinador, segundo o zagueiro, é não dar brechas para que equívocos de arbitragem prejudiquem novamente o clube.  “Ele pediu para gente cuidar ao máximo para falar com o juiz. Se possível, para não darmos boa noite, porque eles querem motivos para nos expulsar. É procurar não falar com o juiz e fazer nosso trabalho”. 

O treinador considera que a equipe conseguiu absolver bem a situação do jogo do último domingo e vai fortalecida para o duelo em Itajaí. “É uma equipe experiente que assimilou tudo que aconteceu. Dentro do jogo e pós- jogo. Estamos focados. Temos que fazer nossa parte que é jogar futebol”.

Preparação
O único treino preparatório para a partida foi realizado nesta terça-feira no campo sintético da Sociedade São Paulo, no bairro Ponta Russa. Os atletas realizaram uma atividade descontraída com bola. Foram formados quatro times numa espécie de rachão com dois toques. O volante Fabinho, que se recupera de lesão, fez um trabalho em separado com o preparador físico Klaubert Soares, o Kal. No entanto, o atleta deve estar disponível apenas para o jogo de domingo, quando o Brusque enfrenta o Tubarão no Augusto Bauer. A baixa no treino foi o atacante Eydison. O artilheiro do Bruscão sentiu o nervo adutor da coxa esquerda e preocupa para a partida. Ele deve passar por uma nova avaliação hoje.

Baixas
O Marreco vai desconfigurado para o confronto. Na lateral direita, Saraiva entra no lugar do suspenso João Paulo. O principal problema é a escolha do substituto de Serginho, já que a equipe não tem um atleta com as mesmas características do meia. Uma das opções seria colocar Santos mais recuado, mas Rogério Perrô não adiantou os prováveis substitutos. A maior possibilidade é de que Néris entre e o time volte a atuar com três volantes. O treinador promete uma equipe compacta na defesa, mas que sairá para o jogo em busca do resultado. “Teremos uma equipe bem equilibrada, ciente do objetivo, muito ofensiva, ao mesmo tempo sem ser vulneráveis atrás”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio