Brusque adere ao Maio Amarelo

Campanha mundial atinge 186 países e visa reduzir índices de mortos e feridos no trânsito

Brusque adere ao Maio Amarelo

Campanha mundial atinge 186 países e visa reduzir índices de mortos e feridos no trânsito

Desde o início de maio Brusque intensifica o trabalho de conscientização sobre os perigos do trânsito. A campanha “Maio Amarelo” quer chamar a atenção da sociedade para a redução de índices de mortos e feridos no trânsito de todo o mundo. O secretário do Trânsito e Mobilidade (Setram) de Brusque, Paulo Sestrem, diz que a divulgação será feita através de outdoors que serão expostos na cidade a partir do dia 15 e de panfletos explicativos nas abordagens temática de ações educativas.

Sestrem explica que a campanha é uma iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU). Em março de 2010 a ONU definiu o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. A meta é reduzir em 50% o número de mortes em decorrência de acidente de trânsito. Segundo Sestrem, 186 países participam da campanha e, neste ano, pela primeira vez, Brusque aderiu ao programa.
Para reduzir o índice de mortes, Sestrem diz que trabalham com campanhas educativas, sinalização de vias para a segurança e fiscalização. “Apesar da fiscalização não ser tão simpática aos olhos da sociedade, ela é fundamental. Até porque toda a educação passa por uma fiscalização, não somente no trânsito, mas durante toda a nossa vida”, diz.
A principal causa de mortes no trânsito em Brusque ainda é a imprudência. “Excesso de velocidade e embriaguez ao volante são os dois maiores motivos dos acidentes, não só em nossa cidade, como no mundo”, afirma Sestrem.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio