Brusque deve homenagear o Paysandú contra o Inter de Lages

Jogar de verde e branco está descartado, mas diretorias analisam alternativa

Brusque deve homenagear o Paysandú contra o Inter de Lages

Jogar de verde e branco está descartado, mas diretorias analisam alternativa

O Clube Esportivo Paysandú será homenageado pelo Brusque neste Catarinense. A equipe alviverde completa 100 anos de fundação em 2018. Ainda não está completamente definido se o ato será contra o Inter de Lages, mas a possibilidade é bastante grande, segundo dirigentes dos dois lados.

A princípio, o Paysandú havia solicitado ao Brusque que jogasse uma partida do estadual com a camisa alviverde. No entanto, segundo o presidente do quadricolor, Danilo Rezini, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) sinalizou negativamente para essa possibilidade.

As regras da federação não permitem que um time se descaracterize desta forma. Mudanças radicais de cores como essa precisam de aval das entidades organizadoras.

No entanto, o Paysandú deverá ser homenageado pelo Brusque de outra forma. Segundo Rezini, os atletas do quadricolor provavelmente entrarão em campo com a camisa alviverde por cima do uniforme. Depois, irão tirá-las. Algo já tradicional que acontece, por exemplo, em protestos por paz no mundo afora.

“Seria uma ideia mais apropriada”, diz Rezini. A proposta ainda será levada à reunião da diretoria, na próxima terça-feira, 27, mas provavelmente receberá apoio.

Seria o Brusque homenageando um dos seus “pais”, já que o quadricolor surgiu da fusão entre Carlos Renaux e Paysandú – hoje já desfeita. Rezini afirma que os três clubes são coirmãos e parceiros.

Gerson Morelli, o Keka, o comandante da Comissão Organizadora do Centenário do Paysandú, está ciente de que não será possível que o Brusque jogue de verde e branco. Segundo ele, o clube analisa como será a homenagem.

De acordo com Keka, é bastante provável que os atletas do Brusque entrem com a camisa. Além disso, a ideia é oferecer brindes e realizar atividades no intervalo, como chute ao gol.

O Paysandú já tem seu calendário comemorativo pelo centenário definido. Ele será apresentado oficialmente em abril. Há uma série de eventos programados, como uma corrida rústica e um jogo entre veteranos, no fim do ano.

O alviverde atua ainda hoje no Campeonato Amador. O clube ensaiou o retorno ao futebol, mas recuou. As maiores glórias dos paysanduanos são um título da primeira divisão estadual em 1956, e outro em 1986, da segunda divisão.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio